Pense Bem, Viva Bem

Day 1 of 6 • This day’s reading

Devotional

A cultura do Reino


Por muitos anos, a passagem de hoje  (Romanos 12:1-2) me desafiou. Ela fala sobre nos darmos completamente em adoração a Deus, de entregar a Ele nossa vida em todos os aspectos.


Eu nasci em Sydney, na Austrália, em um lar latino. Cresci falando espanhol com meus pais, que sempre me transmitiram o coração do país de origem deles, a Argentina. Por isso, vivi com uma mistura das duas culturas, até o momento em que cheguei aos caminhos do Senhor.


Quando comecei a caminhar com Deus, percebi que não podia edificar minha vida sobre nenhuma das cultura que eu conhecia, fosse ela latina, argentina ou australiana. Apesar de amá-las, nenhuma dessas mentalidades era suficientemente ampla para permitir que eu entrasse em tudo o que Deus tinha para minha vida, minha família e meu futuro.


Foi nesse momento em que percebi que Jesus havia feito de mim herdeiro de uma nova cultura: a cultura do Reino.


O Deus a quem servimos não é limitado e é por isso que Ele nos chamou para viver uma vida sem limites, conforme a Sua própria cultura. Porém, parte do processo para chegar a isso é a renovação da nossa mente.


O versículo 2 de Romanos 12 diz: "Não se amoldem ao padrão deste mundo." O que isso quer dizer? Muitos de nós cremos que isso é sobre nossa forma de vestir ou do nosso corte de cabelo, porém, isso não tem nada a ver com as aparências.


O versículo continua e nos encoraja para que sejamos transformados pela renovação da nossa mente, da nossa forma de pensar. A sua mentalidade fala mais forte do que o seu exterior; ela grita mais alto do que a sua aparência.


A palavra “transformação” é descrita, originalmente, como “metamorfose”, uma mudança de estado, o processo pelo qual algo se transforma em outra coisa, como uma lagarta se transforma em uma borboleta. Nesse caso, trata-se de um processo de maturidade até o plano que Deus pensou para nossa vida. O Senhor nos chama para passarmos por uma metamorfose mental, para que aprendamos a pensar como cidadãos do céu e experimentarmos tudo o que Ele tem para nós.