Devocionais sobre a Glória de Deus, com John Piper

Day 3 of 5 • This day’s reading

Devotional

Jesus Veio ao Mundo

No primeiro dia nós vimos que Deus nos criou para Sua glória, e, portanto, deveríamos viver para Sua glória. No segundo dia, nós vimos que, de acordo com Rm 3:23 e 1:23, todos nós falhamos em fazer isto, cada um de nós, sem exceção. E hoje, nós passamos ao ato de Deus de nos salvar da confusão em que nos metemos por causa de nosso caso de amor com a glória dos homens em vez da glória de Deus.

E 1 Timóteo 1:15 é uma afirmação fiel de que Jesus Cristo veio ao mundo para salvar pecadores, para salvar pessoas que desprezaram Sua glória. E fazemos a conexão desta maneira: 2 Coríntios 4:4 diz que o deus deste século, que é Satanás, cegou o entendimento dos incrédulos para impedir que eles vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus. Então ali o evangelho é chamado de “o evangelho da glória de Cristo”!

Então o que acontece é que Deus, ao enviar Cristo para morrer em nosso lugar, não apenas nos resgata da falha de viver para Sua glória, mas naquele mesmo momento Ele está mostrando o ápice de Sua glória. A coisa mais gloriosa que Deus já fez, ou fará, é nos amar enviando Seu Filho para vindicar Sua glória, e nos resgatar de nossa falha de viver para Sua glória.

Deixe-me lhe dar mais um texto que nos entrega a beleza e glória dessa salvação. “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus” e aqui vai: “enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa, e condenou, na carne, o pecado.” Agora, de quem foi o pecado que Ele condenou? Jesus não tinha nenhum. Foi o meu! Deus condenou o meu pecado na carne. Carne de quem? Não na minha! Olhe, eu estou sentado na sua frente, não estou no inferno! De quem foi a carne? Foi a carne de Jesus. Esta passagem de Romanos 8:3 é a passagem mais clara sobre Deus castigando seu próprio Filho por amor a mim, para que meus pecados recebessem o devido castigo, Sua glória fosse vindicada, e eu andasse em alegria perpétua.

Então contemple hoje a liberdade que Deus lhe oferece através do perdão e através da justificação, e da substituição de Seu Filho por você. Para que todas as suas falhas em viver para a glória de Deus possam ser, e elas são, através da fé, perdoadas.