As 5 linguagens do amor

Dia 6 de 7 • Leitura do dia

Devocional

Quinta linguagem do amor: toque físico


O toque físico é um poderoso veículo para comunicar amor conjugal. Andar de mãos dadas, beijar, abraçar e ter relações sexuais são formas de comunicar amor emocional a seu cônjuge. 


No casamento, o toque de amor pode assumir diversas formas. Uma vez que os receptores tácteis estão espalhados por todo o corpo, o toque amoroso no cônjuge em praticamente qualquer parte pode expressar amor. Isso não significa que todos os toques são iguais. Alguns trarão mais prazer que outros. Seu melhor instrutor é o próprio cônjuge. Afinal, ele é a pessoa a quem você procura amar.


Os toques amorosos podem ser explícitos e exigir sua total atenção, como um carinho nas costas ou uma preliminar sexual, culminando no ato em si. Por outro lado, os toques podem ser implícitos e exigir apenas um instante, como colocar a mão no ombro do cônjuge enquanto você enche sua xícara de café ou roçar seu corpo no dele enquanto passa pela cozinha.


Ao descobrir que toque físico é a linguagem do amor primária do cônjuge, sua imaginação será o único limite quanto às maneiras de expressar amor. Inventar novos jeitos e locais onde tocar pode ser um desafio excitante. Tente novos toques em novos lugares e permita que seu cônjuge lhe diga se acha aquilo agradável ou não. Lembre-se: ele tem a palavra final. Você está aprendendo a falar a linguagem dele.  


Adaptado de Gary Chapman, As 5 linguagens do amor, 3a edição (Mundo Cristão, 2013).