Parallel
33
A bênção das tribos
1Antes de morrer, Moisés, homem de Deus, deu esta bênção ao povo de Israel. 2Ele disse:
O Senhor Deus veio do monte Sinai;
ele surgiu como o sol por cima de Edom
e do monte Parã brilhou sobre o seu povo.
Com ele vieram milhares de anjos,
e à sua direita havia fogo.
3O Senhor ama o seu povo
e protege os que são dele.
Eles ficam sentados diante dele
e aprendem as suas leis.
4Moisés lhes deu a Lei de Deus,
o mais rico tesouro do povo de Israel.
5O Senhor Deus se tornou Rei do povo escolhido,
quando as tribos e os seus chefes se reuniram.
6Moisés disse isto a respeito da tribo de Rúben:
“Que Rúben viva e nunca morra!
Que o seu povo seja sempre numeroso!”
7A respeito da tribo de Judá foi isto o que Moisés disse:
“Ó Deus, ouve a oração de Judá
e junta aquela tribo novamente ao teu povo.
Luta a favor deles, ó Deus,
e ajuda-os na luta contra os seus inimigos.”
8A respeito da tribo de Levi ele disse:
“Ó Deus, tu deste o Tumim e o Urim
aos teus servos que escolheste.
Tu os puseste à prova em Massá
e perto das fontes de Meribá discutiste com eles.
9Eles são mais dedicados a ti
do que aos seus próprios pais
e do que aos seus irmãos e filhos.
Eles obedecem às tuas leis
e cumprem a tua aliança.
10Eles ensinarão todas as tuas leis ao povo,
queimarão incenso na tua presença
e no teu altar oferecerão sacrifícios.
11Ó Deus, abençoa a tribo de Levi
e faze com que ela seja cada vez mais forte.
Que tudo o que eles fazem seja agradável a ti!
Acaba com os seus inimigos
para que nunca mais se levantem.”
12Moisés disse a respeito da tribo de Benjamim:
“O Senhor Deus ama a tribo de Benjamim
e sempre a guardará.
Deus cuidará deles o dia inteiro,
e eles viverão debaixo da sua proteção.”
13A respeito da tribo de José ele disse:
“Que o Senhor Deus abençoe as terras de José,
dando-lhes muitas chuvas do céu
e fontes das profundezas da terra!
14Que Deus dê a essas terras frutas amadurecidas pelo sol
e as abençoe com boas colheitas!
15Que os montes antigos produzam ricas colheitas!
16Que Deus abençoe a terra e tudo o que há nela,
dando-lhe tudo o que é bom!
Que o Deus que apareceu no espinheiro em fogo
seja sempre bondoso para com eles!
Que todas essas bênçãos venham sobre a tribo de José,
pois ele foi o mais importante dos seus irmãos!
17Ele tem a beleza de um touro novo
e chifres como os de um boi selvagem.
Os seus chifres são os milhares de pessoas da tribo de Manassés
e os milhares e milhares da tribo de Efraim .
Com eles José ataca os seus inimigos
e os persegue pelo mundo inteiro.”
18A respeito das tribos de Zebulom e de Issacar foi isto o que Moisés disse:
“Que Zebulom fique rico no comércio com outros países,
e Issacar enriqueça negociando dentro do país!
19Eles convidam os povos para virem à sua montanha
e ali oferecem os sacrifícios aceitáveis a Deus.
Eles aproveitam os enormes recursos do mar
e as riquezas das suas praias.”
20A respeito da tribo de Gade ele disse:
“Bendito seja Deus, que aumentou as terras de Gade!
O povo de Gade espera como um leão
para arrancar do inimigo um braço ou mesmo a cabeça.
21Eles ficaram com a melhor parte da Terra Prometida;
foi-lhes dada a parte que cabe ao chefe.
Obedeceram às leis e aos mandamentos do Senhor,
quando os líderes do povo se reuniram.”
22A respeito da tribo de Dã ele disse:
“Dã é como um leãozinho
que vive saltando na terra de Basã.”
23A respeito da tribo de Naftali ele disse:
“Deus abençoou ricamente o povo de Naftali;
as suas terras vão desde o lago da Galileia até o Sul.”
24A respeito da tribo de Aser ele disse:
“De todas as tribos Aser é a mais abençoada.
Que o povo de Aser seja muito querido pelas outras tribos,
e que nas suas terras haja muitas oliveiras!
25Que as suas cidades sejam protegidas com portões de ferro,
e que os seus moradores vivam sempre em paz!”
26Povo de Israel, não há outro deus como o nosso Deus!
Forte e majestoso, ele atravessa os céus
e, montado sobre as nuvens, ele vem nos socorrer.
27O Deus Eterno é o nosso protetor;
ele sempre nos protege com os seus braços.
Na nossa presença Deus expulsou os inimigos
e mandou que os destruíssemos.
28O povo de Israel vive sempre seguro,
vive em paz numa terra que produz cereais e vinho,
onde o orvalho rega o chão.
29Povo de Israel, como você é feliz!
Não há ninguém como você,
o povo que o Senhor Deus salvou.
Ele é o seu escudo e a sua espada,
para dar proteção e vitória a você.
Israel, os seus inimigos se ajoelharão pedindo misericórdia,
e você tomará posse das suas terras.