Parallel
63
Salmo 63
Salmo de Davi, quando ele estava no deserto de Judá.
1Ó Deus, tu és o meu Deus,
eu te busco intensamente;
a minha alma tem sede de ti!
Todo o meu ser anseia por ti,
numa terra seca, exausta e sem água.
2Quero contemplar-te no santuário
e avistar o teu poder e a tua glória.
3O teu amor é melhor do que a vida!
Por isso os meus lábios te exaltarão.
4Enquanto eu viver te bendirei,
e em teu nome levantarei as minhas mãos.
5A minha alma ficará satisfeita
como quando tem rico banquete;
com lábios jubilosos a minha boca te louvará.
6Quando me deito, lembro-me de ti;
penso em ti durante as vigílias da noite.
7Porque és a minha ajuda,
canto de alegria à sombra das tuas asas.
8A minha alma apega-se a ti;
a tua mão direita me sustém.
9Aqueles, porém, que querem matar-me
serão destruídos;
descerão às profundezas da terra.
10Serão entregues à espada
e devorados por chacais.
11Mas o rei se alegrará em Deus;
todos os que juram pelo nome de Deus
o louvarão,
mas a boca dos mentirosos será tapada.