Números 10
ARA
10
As duas trombetas de prata
1Disse mais o Senhor a Moisés: 2Faze duas trombetas de prata; de obra batida as farás; servir-te-ão para convocares a congregação e para a partida dos arraiais. 3Quando tocarem, toda a congregação se ajuntará a ti à porta da tenda da congregação. 4Mas, quando tocar uma só, a ti se ajuntarão os príncipes, os cabeças dos milhares de Israel. 5Quando as tocardes a rebate, partirão os arraiais que se acham acampados do lado oriental. 6Mas, quando a segunda vez as tocardes a rebate, então, partirão os arraiais que se acham acampados do lado sul; a rebate, as tocarão para as suas partidas. 7Mas, se se houver de ajuntar a congregação, tocá-las-eis, porém não a rebate. 8Os filhos de Arão, sacerdotes, tocarão as trombetas; e a vós outros será isto por estatuto perpétuo nas vossas gerações. 9Quando, na vossa terra, sairdes a pelejar contra os opressores que vos apertam, também tocareis as trombetas a rebate, e perante o Senhor, vosso Deus, haverá lembrança de vós, e sereis salvos de vossos inimigos. 10Da mesma sorte, no dia da vossa alegria, e nas vossas solenidades, e nos princípios dos vossos meses, também tocareis as vossas trombetas sobre os vossos holocaustos e sobre os vossos sacrifícios pacíficos, e vos serão por lembrança perante vosso Deus. Eu sou o Senhor, vosso Deus.
Os israelitas partem do Sinai
11Aconteceu, no ano segundo, no segundo mês, aos vinte do mês, que a nuvem se ergueu de sobre o tabernáculo da congregação. 12Os filhos de Israel puseram-se em marcha do deserto do Sinai, jornada após jornada; e a nuvem repousou no deserto de Parã. 13Assim, pela primeira vez, se puseram em marcha, segundo o mandado do Senhor, por Moisés. 14Primeiramente, partiu o estandarte do arraial dos filhos de Judá, segundo as suas turmas; e, sobre o seu exército, estava Naassom, filho de Aminadabe; 15sobre o exército da tribo dos filhos de Issacar, Natanael, filho de Zuar; 16e, sobre o exército da tribo dos filhos de Zebulom, Eliabe, filho de Helom.
17Então, desarmaram o tabernáculo, e os filhos de Gérson e os filhos de Merari partiram, levando o tabernáculo. 18Depois, partiu o estandarte do arraial de Rúben, segundo as suas turmas; e, sobre o seu exército, estava Elizur, filho de Sedeur; 19sobre o exército da tribo dos filhos de Simeão, Selumiel, filho de Zurisadai; 20e, sobre o exército da tribo dos filhos de Gade, Eliasafe, filho de Deuel. 21Então, partiram os coatitas, levando as coisas santas; e erigia-se o tabernáculo até que estes chegassem.
22Depois, partiu o estandarte do arraial dos filhos de Efraim, segundo as suas turmas; e, sobre o seu exército, estava Elisama, filho de Amiúde; 23sobre o exército da tribo dos filhos de Manassés, Gamaliel, filho de Pedazur; 24e, sobre o exército da tribo dos filhos de Benjamim, Abidã, filho de Gideoni.
25Então, partiu o estandarte do arraial dos filhos de Dã, formando a retaguarda de todos os arraiais, segundo as suas turmas; e, sobre o seu exército, estava Aiezer, filho de Amisadai; 26sobre o exército da tribo dos filhos de Aser, Pagiel, filho de Ocrã; 27e, sobre o exército da tribo dos filhos de Naftali, Aira, filho de Enã. 28Nesta ordem, puseram-se em marcha os filhos de Israel, segundo os seus exércitos.
Moisés roga a Hobabe que vá com eles
29Disse Moisés a Hobabe, filho de Reuel, o midianita, sogro de Moisés: Estamos de viagem para o lugar de que o Senhor disse: Dar-vo-lo-ei; vem conosco, e te faremos bem, porque o Senhor prometeu boas coisas a Israel. 30Porém ele respondeu: Não irei; antes, irei#Êx 18.27 à minha terra e à minha parentela. 31Tornou-lhe Moisés: Ora, não nos deixes, porque tu sabes que devemos acampar-nos no deserto; e nos servirás de guia. 32Se vieres conosco, far-te-emos o mesmo bem que o Senhor a nós nos fizer.
33Partiram, pois, do monte do Senhor caminho de três dias; a arca da Aliança do Senhor ia adiante deles caminho de três dias, para lhes deparar lugar de descanso. 34A nuvem do Senhor pairava sobre eles de dia, quando partiam do arraial. 35Partindo a arca, Moisés dizia: Levanta-te,#Sl 68.1 Senhor, e dissipados sejam os teus inimigos, e fujam diante de ti os que te odeiam. 36E, quando pousava, dizia: Volta, ó Senhor, para os milhares de milhares de Israel.
A Sociedade Bíblica do Brasil trabalha para que a Bíblia esteja, efetivamente, ao alcance de todos e seja lida por todos. A SBB é uma entidade sem fins lucrativos, dedicada a disseminar a Bíblia e, por meio dela, promover o desenvolvimento integral do ser humano. Você também pode ajudar a Causa da Bíblia! ARA © 1993. Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.Learn More About Almeida Revista e Atualizada