Como ouvir a voz de Deus

Dia 4 de 7 • Leitura do dia

Devocional

A voz humana é muito boa para um propósito – a comunicação verbal. Por isso, temos a tendência de pensar na voz de Deus nesse mesmo sentido. Deus fala de forma audível? Com certeza! Mas essa é uma fatia estreita de sua extensão vocal. A capacidade que ele tem de falar vai muito além da nossa de ouvir audivelmente. O que vemos hoje, ele um dia disse.


A fim de apreciar em plenitude o poder da voz de Deus, precisamos voltar ao início. Ele chama o Universo à existência com duas palavras: Haja luz! A luz é a fonte da visão; sem ela, não enxergamos nada. A luz é o alfa e o ômega de tudo, e isso inclui você.


O Universo é seu modo de dizer: “Vejam o que sou capaz de fazer com duas palavras!”. Não há nada que a voz de Deus não possa dizer ou fazer. Sua voz é capaz de escrever nas paredes dos palácios ou fechar a boca de leões. De extinguir as chamas de uma fornalha ardente ou fazer cessar uma tempestade no mar da Galileia. A voz de Deus é todo-poderosa, mas isso só conta metade da história. Sua voz também é todo-amorosa.


Você quer ouvir o que ele tem a dizer. Confie em mim. Muita gente tem dificuldade para crer que Deus é amoroso porque alguém o representou de maneira deturpada. Você é um filho amado de Deus, a quem ele devota especial afeição. Só precisa deixar que ele o ame.


Existe um lugar onde Deus se encontra do lado de fora, olhando para dentro. Esse lugar é a porta do seu coração. Se você quiser ouvir-lhe a voz, tem de atender à batida na porta. E lembre-se, na verdade não será Deus falando mais alto do que já faz. Será você ouvindo um pouco mais de perto, um pouco melhor.