Como ouvir a voz de Deus

Dia 2 de 7 • Leitura do dia

Devocional

Deus tem uma voz exterior e não teme usá-la. Mas, quando quer ser ouvido, quando o que tem a dizer é importante demais para que se perca, costuma falar em um sussurro pouco acima do limiar absoluto do ouvir. Seu sussurro é suave, mas não existe nada mais poderoso.

 


Podemos dizer que o uso típico do sussurro é para fins de sigilo. Nenhuma outra forma de comunicação é mais íntima. Quando alguém fala em um sussurro, você tem de chegar muito perto para ouvir. Inclinamo-nos na direção do sussurro, e é isso que Deus quer. O objetivo de ouvir a voz do Pai celestial não é só escutar-lhe a voz; é ter intimidade com ele. Por isso, ele fala em sussurro. Ele deseja estar tão próximo de nós quanto for divinamente possível!


O Todo-poderoso poderia intimidar você com sua voz exterior, mas ele o corteja com um sussurro. E seu sussurro é o próprio sopro de vida. Não foi assim que Deus criou Adão? Ele soprou o pó e chamou-o Adão. Adão um dia foi um sussurro. Você também!


“Quem dança é considerado louco por quem não ouve a música”. Ao aceitar as sugestões do sussurro do Espírito Santo, você também fará coisas que levarão as pessoas a considerá-lo louco. Que seja. Obedeça ao sussurro e veja Deus agir.

Nada tem o potencial de mudar a sua vida como o sussurro de Deus. É assim que se discerne a boa, perfeita e agradável vontade de Deus. Assim nascem os sonhos do tamanho de Deus. Assim os milagres acontecem. A gênese de cada bênção, de cada grande avanço, é o sopro de Deus.