Parallel
8
Jesus, o Grande Sacerdote da nova aliança
1A coisa mais importante de tudo o que estamos dizendo tem a ver com o sacerdote que nós temos: ele é o Grande Sacerdote que está sentado no céu, do lado direito#8.1 Ver Hb 1.3, nota. do trono de Deus, o Todo-Poderoso.#Sl 110.1 2Ele faz o seu serviço no Lugar Santíssimo, na verdadeira Tenda, que foi armada pelo Senhor e não por seres humanos.
3Todo Grande Sacerdote é escolhido para apresentar a Deus as ofertas e os sacrifícios de animais, e por isso é necessário que o nosso Grande Sacerdote tenha também alguma coisa para oferecer. 4Se ele estivesse na terra, não seria sacerdote, pois existem sacerdotes que apresentam as ofertas de acordo com a Lei de Moisés. 5O trabalho que esses sacerdotes fazem é, de fato, somente uma cópia e uma sombra do que está no céu. Foi isso que aconteceu quando Deus falou com Moisés. Quando Moisés estava para construir a Tenda, Deus disse: “Tenha cuidado para fazer tudo de acordo com o modelo que eu lhe mostrei no monte.”#Êx 25.40 6Mas, de fato, Jesus foi encarregado de um serviço sacerdotal que é superior ao dos sacerdotes. Pois a aliança que ele conseguiu é melhor porque ela se baseia em promessas de coisas melhores.
7Pois, se a primeira aliança#8.7 Feita no monte Sinai (Êx 24.3-8). tivesse sido perfeita, não seria necessária uma nova aliança. 8Mas Deus vê que o seu povo é culpado e diz:
“Está chegando o tempo, diz o Senhor,
em que farei uma nova aliança
com o povo de Israel
e com o povo de Judá.
9Essa aliança não será como aquela
que eu fiz com os antepassados deles,
no dia em que os peguei pela mão
e os tirei da terra do Egito.
Não foram fiéis à aliança
que fiz com eles,
e por isso, diz o Senhor,
eu os desprezei.
10Quando esse tempo chegar, diz o Senhor,
farei com o povo de Israel esta aliança:
Eu porei as minhas leis na mente deles
e no coração deles as escreverei.
Eu serei o Deus deles,
e eles serão o meu povo.
11Ninguém vai precisar ensinar
o seu patrício nem o seu parente,
dizendo:
‘Procure conhecer o Senhor.’
Porque todos me conhecerão,
tanto as pessoas mais humildes
como as mais importantes.
12Pois eu perdoarei os seus pecados
e nunca mais lembrarei
das suas maldades.”#Jr 31.31-34 (LXX)
13E, quando Deus fala da nova aliança, é porque ele já tornou velha a primeira. E o que está ficando velho e gasto vai desaparecer logo.