Conquistar O Coração De Deus

Dia 5 de 7 • Leitura do dia

Devocional



Dia cinco: Um Coração Reconhecido


Por causa da graça de Deus, não precisamos viver uma vida “colhendo o que plantamos”. Você se lembra da parábola de Jesus “O filho pródigo?" No início da história, vemos ele tropeçando e caindo na última colina quando ia para casa. Antes mesmo de chegar no portão da fazenda, ele vê uma pessoa na estrada correndo ao seu encontro. Era seu pai, chorando, rindo e gesticulando os braços no ar. O pai o abraça e beija, o filho diz, “Eu não mereço isso”.  


O pai grita que seu filho, que estava morto, voltou à vida. Estava perdido e foi reencontrado! Esse não é o Deus do “colher o que plantou”. Esse é o Deus da abundância. Lembre-se disso: O amor de Deus é tão abundante que não pode ser compreendido; somente recebido. 


Jesus não amou somente o povo, ele amou as pessoas. À primeira vista, parece a mesma coisa, mas não é. O amor de Deus é cosmicamente grande e nele cabe o mundo todo, ainda assim Jesus expressa esse amor pessoalmente para algumas pessoas da maneira que elas necessitam. Jesus passava seu tempo curando e fazendo refeições com indivíduos. Ele tinha tempo para cada pessoa.


Jesus contou a mesma história de diferentes maneiras para conseguir se conectar com cada indivíduo, ele não pregava de maneira genérica. Ele demonstrava o mesmo amor, mas de maneiras que cada pessoa em particular pudesse compreender. Jesus não amava apenas a todos, ele amava a cada um individualmente.  


Os marginalizados na sociedade Judaica, coletores de impostos, e os pecadores estavam reunidos em volta de Jesus quando ele disse “Haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se”. Eles sentiram o amor de Jesus individualmente. No meio da história ele fala para eles sobre o amor do pastor por apenas uma ovelha perdida.


O amor de Deus é infinitamente abundante e ele pode expressar de forma particular para que você consiga recebê-lo. Se você escuta isto e entende, o seu conhecimento sobre Jesus irá, inesperadamente, ser o centro da sua vida e se tornará o conhecimento que faz você crescer de dentro para fora. Ele está falando com você. Ele te ama.


 


Reflexão: 

Como isso muda a sua percepção sobre as histórias que Jesus conta quando você se dá conta que ele está falando especificamente para você?




Oração: 

“Senhor, me perco em meus pensamentos e posso me escondo na multidão. Use suas palavras de uma maneira que eu saiba que és tu a falar comigo. Venha, Espírito Santo. Amém."