Conquistar O Coração De Deus

Dia 4 de 7 • Leitura do dia

Devocional



Dia quatro: Um Coração Escuro


Muitos acreditam em um Deus utilitarista que dá aquilo que você merece. Você colhe o que planta. Mas o  Deus da Escritura fez de tudo para lhe mostrar que, com ele, colheremos nossa melhor plantação. Esta verdade pode ser muito difícil de ser levada da sua cabeça para o seu coração. 


Vamos comparar a parábola de Jesus “O filho pródigo” como um caso de família. O filho mais velho é sensato e trabalhador; o mais novo é aventureiro e impulsivo; e o pai os ama com a mesma intensidade. No final da história, a pessoa que está do lado de fora perdendo a festa é o irmão mais velho. Ele nos mostra algo realmente significante sobre o que nos afastaria do abundante amor de Deus. Ele nos ensina o potencial perigoso e destrutivo da comparação.


Nem todos apreciam a abundância do pai. Somos parecidos com o irmão mais velho quando tratamos Deus como se ele fosse uma equação que queremos adicionar a nossa versão de lealdade. Mas Deus não é uma equação mensurável. Deus é cheio de mistério. Assim como o vento, o Espírito de Deus sopra onde ele quer. Ele é um mistério além de fórmula.       


Mesmo assim, com frequência, insistimos em transformar Deus  em uma fórmula que podemos controlar. Se você procura por um deus sem mistério, então vai achar Deus bastante entediante. Repare na reação do irmão mais velho quando seu irmão retorna para casa a salvo. Ele fica com raiva! E surpreendentemente, ele recusa entrar e ficar ao lado de seu pai. Podemos ser como o irmão mais velho: afastando-nos de seu amor generoso. Conhecer a Deus sem aceitar o mistério da sua Graça pode acabar te afastando Dele, mas Ele quer você por perto.   


Isso é o que o irmão mais velho nos mostra. Ele vivia de um jeito pelo qual achava que merecia uma recompensa do pai. Ele provou o valor de sua existência por tudo que havia feito. Isso mostra que ele não acreditava que realmente precisasse da graça. Ele se compara ao irmão mais novo e acusa o pai de ser injusto; isso mostra a escuridão em seu coração. Ele não sabe que ao focar em si mesmo e se comparar com outros, ele está se afastando de Deus. As pessoas que vivem fazendo comparações não conseguem alcançar a graça abundante de Deus. 




Reflexão: 

Deus vê lugares em nossos corações que estão além de onde conseguimos enxergar. Com amor e graça, ele quer expôr as partes escuras em nosso coração. Peça para ele lhe mostrar o que está escondido no escuro.  

 

Oração: 

“Pai, me ajude a evitar o perigo da comparação e me mostre o mistério da sua graça. Amém.