Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2016

Devocional

Fazer rolar a pedra


Comentário


As reflexões deste dia foram preparadas pelo Centro da Juventude católica da Arquidiocese de Riga, e resultam da sua experiência de preparação do Caminho da Cruz ecumênica – um evento ecumênico anual de grande importância na Letônia. Esta experiência convida a refletir aquilo que significa a Paixão e a Ressurreição no contexto letão, e os altos feitos que os cristãos batizados são chamados a proclamar.



  • O período soviético da Letônia continua pesando sobre os habitantes desta nação. Muitos sofrimentos e penas permanecem, e as feridas infringidas permanecem duras de perdoar. Tudo isso parece como uma grande pedra, colocada a entrada do túmulo de Jesus. Feridas desta natureza nos prendem num túmulo espiritual.

  • Mas, se no nosso sofrimento, nossa pena se unem à dele, a história não fica neste estado, nos deixando presos nos nossos túmulos. O terremoto da ressurreição do Senhor é o evento extraordinário onde os nossos túmulos se abrem e onde somos libertados da tristeza e da amargura que nos mantinha no isolamento uns dos outros.

  • O alto feito do Senhor, é este : é o seu amor que faz tremer a terra, rolar as pedras, nos liberta e nos chama para fora, na manhã de um novo dia. Então, nesta nova aurora, somos unidos aos nossos irmãos e irmãs que também foram aprisionados e sofreram. E, como Maria Madalena, temos que “deixar com prontidão” este grande momento de alegria para anunciar aos outros o que o Senhor fez.


 


Questões




    • Quais são os eventos, as situações de nossas vidas e as circunstancias que nos conduzem a nos fechar dentro do túmulo – na tristeza, na aflição, nas preocupações, na ansiedade e no desespero ? O que nos impede de aceitar a promessa e a alegria da ressurreição de Cristo ?

    •  

    • Em que medida estamos prontos a partilhar nossa experiência de Deus com aqueles que nós encontramos ?



Oração


Senhor Jesus, tu nos amas para sempre e nos mostraste a profundidade do teu amor morrendo por nós na cruz, assumindo assim nossos sofrimentos e nossas feridas. Depositamos agora aos pés da cruz todos os obstáculos que nos separam do teu amor. Tira as pedras que nos aprisionam. Desperta-nos na manhã da tua ressurreição. Faz com que possamos ir ao encontro de nossos irmãos e irmãs separados de nós. Amém.


Para mais subsídios para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, visite www.oikoumene.org/semana-de-oracao.