Metas de Relacionamento

Devocional

Mantendo a Aliança

De Jon, casado com Mandi há mais de 17 anos

Interrompa-me se você já ouviu isso antes. Um ateu e uma cristã casual entram na igreja… para se casar. 

Ah, sim. O romance de conto de fadas. O garoto conhece a garota. O garoto se casa com a garota. Garoto e garota traem um ao outro. Deus é ignorado. Nove anos depois de terem declarado diante de Deus e da família, “’Até que a morte nos separe,” está claro para ambos que eles não vão fazer isso. Foi o que aconteceu com Mandi e eu. 

Mas Deus tinha outros planos para nós. Mandi começou a frequentar a igreja, Life.Church, e não demorou muito para que eu me juntasse a ela. Foi aí que nossas vidas foram literalmente mudadas para sempre. 

Decidimos que, se Deus era quem Ele disse que era, Ele poderia fazer nosso casamento funcionar. Isso deu trabalho. Houve conversas difíceis, confissões e lágrimas. Mas fomos lembrados através da Palavra de Deus que “os dois se tornaram um.” 

Podemos não ter levado os votos a sério quando nos casamos, mas Deus o fez. Fomos lembrados através de 1 Timóteo a “Combater o bom combate da fé. Tomar posse da vida eterna, para a qual vocês foram chamados e dar o bom testemunho na presença de muitas testemunhas.” Então, nós continuamos lutando e nos apegamos firmemente a Jesus, confiando nele para restaurar nosso casamento. Não foi fácil e, fazendo referência ao primeiro dia deste Plano Bíblico, havia um monte de coisas “intermediárias.”

Deus não apenas fez o nosso casamento funcionar. Ele o fez prosperar. Tanto é assim que em 15 de julho de 2011, 10 anos depois que declaramos nossos votos a um Deus que não conhecíamos, tivemos a honra de renovar os votos ao Deus vivo que revelou Seu amor por nós, nos redimiu e se alegrou com o nosso casamento.

Todos os relacionamentos, e definitivamente todos os casamentos, enfrentarão desafios. O dinheiro vem e vai. A família fica doente. Ter uma carreira e criar os filhos é difícil. Mas Deus permanece o mesmo – ontem, hoje e amanhã. Independentemente de onde você se encontra hoje, confie em Deus para honrar a Sua aliança com você e para sustentar sua aliança com seu cônjuge. Ele sempre permanecerá fiel.

Ore: Jesus, obrigado por ter um plano para nossas vidas. Obrigado porque, nos momentos em que perdemos a esperança, Você não o fez. Espírito Santo, nos dê força para honrar as alianças que fizemos.