Paralelo
20
Segunda fala de Zofar
Cap. 20
1Então Zofar, da região de Naamá, em resposta disse:
2“Jó, você me deixou perturbado,
e por isso respondo logo.
3As suas repreensões são um insulto,
mas eu sei dar a resposta certa.
A alegria de quem é mau dura pouco
4“Você sabe muito bem que desde os tempos antigos,
desde que o ser humano existe na terra,
sempre foi assim:
5a alegria de quem é mau dura pouco;
o seu prazer passa depressa.
6Ele pode ser tão alto como o céu,
e a sua cabeça tocar nas nuvens,
7mas ele se acabará para sempre como a cinza,
e os seus conhecidos não ficarão sabendo o que aconteceu com ele.
8Ele desaparecerá como um sonho,
como uma visão da noite,
para nunca mais ser visto.
9As pessoas que viviam com ele
não o verão mais.
10Os seus filhos devolverão aos pobres aquilo que ele roubou,
aquilo que ele ganhou desonestamente.
11O seu corpo jovem e forte logo virará pó.
A maldade vira um veneno amargoso
12“Para quem é mau, a maldade é doce.
Ele a esconde debaixo da língua
13e fica com ela na boca
para sentir bem o seu gosto.
14Mas daí a pouco, no estômago,
ela vira um veneno amargoso.
15O homem mau vomita as riquezas que rouba;
Deus as arranca do seu estômago.
16Ele toma veneno de cobra,
e esse veneno o mata.
17Quem é mau não terá o prazer de tomar leite e mel,
que correm como rios.
18Ele terá de abandonar tudo o que ganhou com o seu trabalho
e não poderá aproveitar as suas riquezas.
19Isso porque explora os pobres e os esquece
e rouba as casas dos outros
em vez de construir as suas.
20Ele nunca está satisfeito com o que possui;
quer ter sempre mais e mais.
21Avança em tudo o que pode,
mas a sua prosperidade acabará.
22No ponto mais alto do seu sucesso, a miséria o atacará;
todo o peso da desgraça cairá sobre ele.
A ira de Deus se derramará sobre os maus
23“Ele que encha a barriga!
Deus descarregará sobre ele a sua ira;
Deus fará chover sobre ele o seu furor.
24Mesmo que ele escape de uma arma de ferro,
uma flecha com ponta de bronze o atravessará.
25Tirarão a flecha das suas costas,
e ela sairá brilhando com o seu sangue.
E o medo tomará conta dele.
26Tudo o que ele ajuntou será destruído;
um fogo não aceso por mãos humanas
acabará com ele e com toda a sua família.
27“O céu mostrará os pecados dos maus,
e a terra se levantará para acusá-los.
28No dia em que a ira de Deus se derramar sobre eles,
todas as suas riquezas serão destruídas.
29É isso o que Deus faz com os perversos;
é essa a recompensa que ele guarda para os maus.”