1
A primeira contagem do povo
1No segundo ano depois da saída dos israelitas do Egito, no dia primeiro do segundo mês, o Senhor Deus falou com Moisés no deserto do Sinai, na Tenda Sagrada. Ele disse:
2— Você e Arão devem fazer a contagem do povo de Israel por grupos de famílias e por famílias. 3Façam a lista de todos os homens de vinte anos para cima, isto é, todos os que já têm idade para o serviço militar. 4Vocês chamarão um chefe de grupo de famílias de cada tribo para ajudá-los. 5-16São estes os nomes dos homens que vão ajudar vocês:
Tribo Chefe de Grupo de Famílias
Rúben Elisur, filho de Sedeur
Simeão Selumiel, filho de Zurisadai
Judá Nasom, filho de Aminadabe
Issacar Netanel, filho de Zuar
Zebulom Eliabe, filho de Helom
Efraim Elisama, filho de Amiúde
Manassés Gamaliel, filho de Pedasur
Benjamim Abidã, filho de Gideoni
Aiezer, filho de Amisadai
Aser Pagiel, filho de Ocrã
Gade Eliasafe, filho de Deuel
Naftali Aira, filho de Enã
Esses foram os chefes de tribo escolhidos no meio do povo de Israel para representar os seus grupos de famílias.
17-18Então, no dia primeiro do segundo mês, Moisés e Arão, junto com esses doze homens, reuniram todo o povo e fizeram a contagem por grupos de famílias e por famílias, registrando nome por nome os homens de vinte anos para cima. 19Assim, a contagem no deserto do Sinai foi feita como o Senhor havia ordenado a Moisés. 20-21Os homens de vinte anos para cima, que tinham idade para o serviço militar, foram registrados pelo seu nome, cada um no seu grupo de famílias e na sua família. Começaram pela tribo de Rúben, o filho mais velho de Jacó. A soma total das tribos foi a seguinte:
Da tribo de Rúben, quarenta e seis mil e quinhentos homens.
22-23Da tribo de Simeão, cinquenta e nove mil e trezentos homens.
24-25Da tribo de Gade, quarenta e cinco mil seiscentos e cinquenta.
26-27Da tribo de Judá, setenta e quatro mil e seiscentos.
28-29Da tribo de Issacar, cinquenta e quatro mil e quatrocentos.
30-31Da tribo de Zebulom, cinquenta e sete mil e quatrocentos.
32-33Da tribo de Efraim, quarenta mil e quinhentos.
34-35Da tribo de Manassés, trinta e dois mil e duzentos.
36-37Da tribo de Benjamim, trinta e cinco mil e quatrocentos.
38-39Da tribo de Dã, sessenta e dois mil e setecentos.
40-41Da tribo de Aser, quarenta e um mil e quinhentos.
42-43Da tribo de Naftali, cinquenta e três mil e quatrocentos.
44-46A soma total de todos os homens de vinte anos para cima, que tinham idade para o serviço militar, foi de seiscentos e três mil quinhentos e cinquenta.
Os levitas
47Mas os levitas não foram registrados com as outras tribos, 48pois o Senhor tinha dito a Moisés o seguinte:
49— Quando você fizer a contagem dos homens com idade para o serviço militar, deixe de fora os homens da tribo de Levi. 50Mas ponha os levitas para cuidarem da Tenda Sagrada e de todos os seus móveis e objetos. Eles carregarão a Tenda e todo o seu equipamento, farão ali o serviço religioso e acamparão ao redor dela. 51Quando a Tenda tiver de ser transportada, os levitas a desarmarão e, quando for preciso acampar de novo, eles a armarão outra vez. Quem não for levita e chegar perto da Tenda deverá ser morto. 52Os outros israelitas ficarão cada um no seu próprio acampamento, perto da sua própria bandeira, de acordo com o seu grupo. 53Mas os levitas acamparão ao redor da Tenda para guardá-la a fim de que ninguém chegue perto, e assim eu não fique irado com o povo de Israel.
54E o povo fez tudo como o Senhor havia ordenado a Moisés.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.