10
A morte de Nadabe e Abiú
1Nadabe e Abiú, filhos de Arão, pegaram cada um o seu queimador de incenso, colocaram incenso dentro, puseram fogo e apresentaram a Deus, o Senhor, como oferta. Mas não fizeram isso de acordo com as leis de Deus, e por isso ele não aceitou a oferta. 2De repente, saiu fogo da presença do Senhor e os matou; e assim os dois morreram ali onde Deus estava. 3E Moisés disse a Arão:
— Foi isso o que o Senhor quis dizer quando disse: “Os que chegam perto de mim devem respeitar a minha santidade, e o meu povo deve me honrar.”
Mas Arão não disse nada.
4Então Moisés chamou Misael e Elzafã, filhos de Uziel, tio de Arão, e disse:
— Tirem o corpo dos seus dois parentes da frente da Tenda Sagrada e levem para fora do acampamento.
5Eles foram, pegaram os corpos pelas túnicas com que estavam vestidos e os levaram para fora do acampamento, como Moisés tinha ordenado.
6Depois Moisés disse a Arão e aos seus filhos Eleazar e Itamar:
— Todos os outros israelitas podem ficar de luto pelas mortes que o fogo do Senhor causou. Mas vocês não deixem de pentear os cabelos, nem rasguem as suas roupas em sinal de luto. Se fizerem isso, vocês morrerão, e o Senhor ficará irado com todo o povo. 7Não se afastem da entrada da Tenda Sagrada, para que não morram, pois vocês foram ordenados com o azeite sagrado de Deus, o Senhor.
E os três fizeram o que Moisés mandou.
Leis para os sacerdotes
8O Senhor Deus disse a Arão:
9— Nem você nem os seus filhos podem entrar na Tenda Sagrada depois de terem bebido vinho ou cerveja; se fizerem isso, morrerão. Todos os seus descendentes também deverão obedecer a essa lei. 10Vocês devem estar em condições de fazer diferença entre o que é e o que não é sagrado, e entre o que é impuro e o que é puro. 11E devem ensinar aos israelitas todas as leis que eu, o Senhor, dei a eles por meio de Moisés.
12E Moisés disse a Arão e a Eleazar e Itamar, os dois filhos de Arão que ainda estavam vivos:
— Peguem a farinha da oferta de cereais que sobrou das ofertas de alimento apresentadas a Deus, o Senhor, e façam com ela pães sem fermento. E comam esses pães perto do altar, pois são uma coisa muito sagrada. 13Comam os pães num lugar sagrado, pois é a parte do alimento oferecido a Deus que pertence a vocês e aos seus filhos. Foi isso o que o Senhor me ordenou. 14Vocês e as suas famílias têm o direito de comer o peito e a coxa que são apresentados ao Senhor como oferta especial. Essa parte das ofertas de paz feitas pelos israelitas pertence a vocês e aos seus filhos. Comam isso num lugar puro. 15Os israelitas trarão para Deus como oferta especial a coxa e o peito do animal na hora em que a gordura for queimada como alimento oferecido ao Senhor. Essas partes do animal pertencem a vocês e aos seus descendentes para sempre, conforme o Senhor ordenou.
16Depois Moisés perguntou onde estava o bode que seria sacrificado como oferta para tirar pecados e ficou sabendo que já tinha sido queimado. Ele ficou muito zangado com Eleazar e Itamar e perguntou:
17— Por que vocês não comeram num lugar sagrado a oferta feita para tirar pecados? É uma oferta muito sagrada, e o Senhor a deu a vocês a fim de que a oferecessem na presença de Deus para conseguir o perdão dos pecados do povo. 18Já que o sangue do animal sacrificado não foi levado para dentro da Tenda Sagrada, ali é que vocês deveriam ter comido a oferta, conforme a ordem que eu dei.
19Arão respondeu:
— O povo apresentou hoje a Deus, o Senhor, a oferta para tirar pecados e as ofertas que são completamente queimadas, mas mesmo assim me aconteceram essas coisas terríveis. Portanto, se eu tivesse comido hoje a oferta para tirar pecados, será que o Senhor teria gostado?
20E Moisés ficou satisfeito com a resposta de Arão.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.