1
1Esta é a mensagem que o Senhor Deus deu a Joel, filho de Petuel.
A praga de gafanhotos e a seca
2Prestem atenção, velhos!
Escute, povo de Judá!
Já aconteceu alguma coisa tão terrível como esta,
em nossos dias ou no tempo dos nossos antepassados?
3Digam aos seus filhos o que aconteceu;
que eles contem aos seus filhos,
e que estes falem sobre isso à geração seguinte.
4Vieram nuvens e mais nuvens de gafanhotos,
e comeram todas as plantações.
O que os primeiros gafanhotos deixaram
foi devorado pelos que vieram depois.
5Acordem, beberrões!
Acordem e chorem,
vocês que gostam de vinho,
pois as uvas foram destruídas,
e não haverá vinho novo para beber.
6Vieram os gafanhotos,
como um exército enorme e poderoso,
e invadiram o meu país.
Os seus dentes eram como os de um leão
e afiados como dentes de uma leoa.
7Destruíram as nossas parreiras
e acabaram com as nossas figueiras.
Arrancaram as cascas das árvores,
deixando os galhos completamente brancos.
8Chorem como uma jovem vestida de luto,
que chora a morte do seu noivo.
9Os sacerdotes, os servos de Deus,
choram no Templo do Senhor
porque não há mais ofertas de alimento nem de vinho.
10Os campos estão arrasados,
a terra está de luto,
pois os cereais foram destruídos,
e as parreiras e as oliveiras secaram.
11Fiquem desesperados, vocês que trabalham nos campos;
chorem, vocês que cuidam das parreiras;
pois não há trigo nem cevada.
Todas as colheitas foram destruídas.
12As parreiras e as figueiras secaram;
estão secas as romãzeiras, as palmeiras, as macieiras
e todas as outras árvores frutíferas.
O povo todo está triste.
13Sacerdotes, vocês que apresentam as ofertas no altar,
vistam roupa feita de pano grosseiro e chorem.
Servos do meu Deus, venham ao pátio do Templo
e chorem a noite inteira.
Pois na casa do nosso Deus
não há mais ofertas de alimento nem de vinho.
14Convoquem uma reunião no Templo
e anunciem um dia de jejum.
Reúnam as autoridades e todo o povo de Judá
no Templo do Senhor, nosso Deus,
e orem a ele pedindo socorro.
15Ah! Está chegando o Dia do Senhor,
em que o Todo-Poderoso vai trazer destruição.
Será um dia de terror!
16Sem podermos fazer nada,
vimos as nossas plantações serem destruídas.
No Templo do nosso Deus não há alegria nem festa.
17Nos campos secos, as sementes não brotam;
não há colheita de trigo,
e os depósitos de cereais estão caindo aos pedaços.
18O gado está mugindo de fome,
e os bois andam tontos de um lado para o outro
porque não há pasto.
As ovelhas também estão morrendo.
19Eu clamo a ti, ó Senhor!
As árvores e os pastos estão secos,
como se um fogo tivesse queimado tudo.
20Até os animais selvagens pedem socorro a ti
porque os rios secaram,
e por toda parte a seca acabou com o capim.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.