1
1Do presbítero ao querido Gaio, a quem amo de verdade.
Elogio a Gaio
2Meu querido amigo, tenho pedido a Deus que você vá bem em tudo e que esteja com boa saúde, assim como está bem espiritualmente. 3Fiquei muito contente quando alguns irmãos chegaram e me contaram como você é fiel à verdade e como sempre vive na verdade. 4Nada me alegra mais do que ouvir que os meus filhos vivem de acordo com a verdade.
5Meu querido amigo, você tem sido fiel naquilo que faz pelos irmãos, mesmo quando são estrangeiros. 6Eles têm falado à igreja daqui a respeito do amor de você. Por favor, ajude essa gente a continuar a sua viagem de um modo que agrade a Deus. 7Pois eles começaram a sua viagem a serviço de Cristo sem aceitar nenhum auxílio dos pagãos. 8Portanto, nós, os cristãos, precisamos ajudar essas pessoas, pois assim poderemos tomar parte no seu trabalho de anunciar a verdade.
Condenação de Diótrefes e elogio a Demétrio
9Eu escrevi uma pequena carta à igreja, mas Diótrefes, que deseja ser o líder, não quer dar atenção ao que eu disse. 10Portanto, quando eu chegar aí, vou chamar a atenção dele a respeito de tudo o que ele tem feito: as coisas horríveis que diz de nós e as mentiras que conta. Porém ele não fica satisfeito só em fazer isso; pois, quando os irmãos chegam aí, ele não os recebe. E, se alguma pessoa quer recebê-los, ele não deixa e até a expulsa da igreja!
11Gaio, meu querido amigo, imite o que é bom e não o que é mau. Quem faz o bem é de Deus, e quem faz o mal nunca viu Deus.
12Todos falam bem de Demétrio, e a própria verdade fala bem dele. Nós também falamos bem a respeito dele, e você sabe que o que dizemos é verdade.
Palavras finais
13Tenho ainda muitas coisas para contar a você, mas não quero fazer isso por carta. 14Espero vê-lo em breve, e então conversaremos pessoalmente.
15A paz esteja com você! Os seus amigos mandam saudações. Dê saudações, pessoalmente, a cada um dos nossos amigos.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.