Tudo está Calmo: Recebendo o Descanso de Jesus Neste Natal

Devocional

Quarto Dia: Busque a Quietude de Deus



Você já sentiu o Espírito Santo te encorajando a dar um tempo dos preparativos de final do ano e sentar-se na presença de Jesus, mas no final você resolveu ignorá-lo e focar na próxima tarefa da lista? 



Eu sei que já fiz isso. 



Com frequência nos forçamos a seguir ritmos frenéticos, acordando cedo e ficando acordados até tarde, preenchendo cada hora do dia com inúmeras tarefas e atividades. Por fim, estamos tão exaustos com a agitação que dificilmente podemos saborear a beleza da estação.



E, às vezes, essa ocupação é apenas um disfarce para esconder mágoas mais profundas. Se ao menos nos mantivermos ocupados, não teremos que reconhecer as feridas incapacitantes que carregamos. Tememos a quietude, por isso não deixamos nenhuma tarefa por fazer, mesmo percebendo que a tirania da urgência ameaça nos arruinar. 



No entanto, a resposta não é atirar as tradições pela janela e se tornar um ranzinza. Em vez disso, devemos incorporar momentos de quietude à ocupação, para que possamos trabalhar a partir de um lugar de integralidade e descanso. A verdade é que a salvação de Deus vem a nós quando nos arrependemos e descansamos em Sua força quando estamos quietos e confiando Nele. 



Neste Natal, desafie-se a ficar quieto, mesmo que seja apenas dois minutos por dia. Traga sua lista de tarefas para o Senhor e coloque-a aos pés Dele. Saboreie a beleza da Sua presença ao refletir sobre Seus nomes e permitir que Ele cure feridas profundas.



Declare o senhorio Dele sobre a sua vida; expresse a necessidade desesperada por Ele e permita-se ficar quieto. Delicie-se na presença Dele. 



Ele é o Emanuel – Deus conosco. Ele vê, sabe e ouve. Deixe-o acalmá-lo com o Seu amor. 



Oração: Aquieta o meu coração com o Seu amor, Senhor. Declara a Sua paz sobre a minha vida enquanto Você derrama quietude sobre as águas tempestuosas. Traga cura e restauração para a dor no meu coração por perder um ente querido, suportar uma tragédia ou trauma, esperanças frustradas e sonhos destruídos. Você, a Ressurreição e a Vida, sopra nova vida a essas partes que morreram em minha alma. Derrama nova esperança em mim para o futuro. Ensina-me a ficar quieto e a receber a Sua presença que dá vida. Amém.