Kriptonita: Como Destruir o que Rouba sua Força por John Bevere

Dia 1 de 7 • Leitura do dia

Devocional


Talvez isso surpreenda você, mas o meu objetivo para o primeiro dia deste devocional é deixá-lo frustrado . . . vou dizer porquê.


Há uma grande desconexão entre o que aconteceu com a igreja no Novo Testamento, e o que está acontecendo com a igreja hoje. Seria fácil colocar a culpa desta desconexão em instituições fragmentadas, líderes incrédulos, cultura, e muitas outras coisas, mas vamos usar essa oportunidade para examinar as nossas vidas. 


A verdade é que os cristãos do primeiro século eram os super-humanos do seu tempo, e o mundo ficava admirado com eles. Aqui estão algumas de suas proezas descritas nas Escrituras:


Ninguém em suas comunidades tinha falta de nada – ninguém tinha necessidades de qualquer tipo, e ninguém dependia da ajuda do governo (Atos 4:33-35). Cidades inteiras se converteram a Jesus em um instante, e o evangelho espalhou-se por regiões inteiras em questão de anos (Atos 9:32-35; 19:10). 


O poder de Deus operou através deles de uma maneira tão intensa que eles precisavam convencer as pessoas de que eles não eram deuses (Atos 10:25-26; 14:8-18) – pense nisso por alguns momentos. Eles tinham momentos de adoração tão poderosos que o chão chegou a tremer (Atos 4:31). E por causa disso, eles tinham a reputação de serem pessoas que viraram o mundo de cabeça para baixo (Atos 17:6). 


O que realmente deveria nos desafiar é que Deus deixa claro na Sua Palavra que os cristãos dos últimos dias farão muito mais do que os da igreja primitiva. A questão é: por que não estamos vendo feitos maiores, como Deus prometeu?


Acredito que, assim como o Super-Homem tinha problemas com a kriptonita, a igreja – o conjunto de indivíduos que declaram seguir a Cristo – também tem. 


A kriptonita era uma substância originária do planeta natal do Super-Homem. Ao se aproximar dela, ele perdia todos os seus superpoderes e se tornava fraco – mais fraco até do que um homem normal. Se olharmos para a igreja hoje – com taxas de divórcio, consumo de pornografia e imoralidade sexual tão elevadas e até mais elevadas que as do mundo – fica claro que existe kriptonita em nosso meio. 


O estado da igreja hoje que parece claramente ter objetivos opostos com as intenções e propósitos de Deus para nossas vidas como seguidores de Cristo, deveria deixá-lo frustrado. 


Nestes devocionais, vamos aprender o que é essa kriptonita e como podemos nos livrar dela, mas em primeiro lugar temos que saber e acreditar no nosso potencial. Você não terá motivação para alcançar um potencial que desconhece. 


O que você fará, agora que sabe do seu potencial?