Declarando Vida

Devocional

O Poder da Língua 

Vida e morte são canalizadas no poder da língua! Nós acreditamos nisso? Mesmo que a língua seja algo tão pequeno, pode fazer grandes discursos. Uma pequena fagulha, também algo tão pequeno, pode colocar uma floresta inteira em fogo. O leme é algo pequeno que pode direcionar o curso de um grande navio. Entre todas as partes do nosso corpo, a língua é uma das mais poderosas e pode colocar seu mundo em chamas ou respirar vida dentro de uma alma fatigada. Você escolhe.


A Palavra nos diz que as palavras podem ser como fogo ardente, separando amigos próximos, incitando raiva, e fornecendo a insensatez dos tolos. Por outro lado, a Palavra também diz que nossas línguas podem proferir palavras que trazem vida… palavras como frutas de ouro, água fresca e mel para a alma. Nossas palavras trazem impacto para bem ou para mal.


Nossas línguas e seu poder de usar palavras é um presente único e influente dado por Deus. Quando lemos o livro de Provérbios, temos que notar que versículo após versículo sobre o poder das palavras continuam destacando-se nas páginas. Provérbios 12:6 nos ensina que nossas palavras tem o poder de destruir e o poder de construir. Estamos usando as palavras de nossas línguas para construir ou destruir na vida das pessoas? Quem está no comando de nossas línguas? A quem podemos culpar quando coisas dolorosas saem por nossas bocas? É essencial que façamos uma decisão consciente de controlar a produção de nossas próprias línguas.


Uma vez que as palavras poderosas, positivas e bonitas podem curar e levantar, devemos enriquecer estas palavras. Quando ditas com verdade, as palavras tem a habilidade de mudar vidas. Pare e pense em como você se comunica. As suas palavras incentivam pessoas a alcançarem grandezas? As suas palavras suportam e ajudam alguém que está sofrendo? Suas palavras cuidam, nutrem e inspiram seus próprios filhos?


Infelizmente, emoções como rancor, medo, ira, dúvida, frustração e ressentimento podem também ser expressados e alimentados pelas palavras. Sejam por palavras escritas ou ditas, elas tem o poder de quebrar e destruir ambientes saudáveis, assim como relacionamentos.


Anos atrás, aceitei um desafio apresentado em Efésios 4:29 que diz, “Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam, para que as coisas que vocês dizem façam bem aos que ouvem.” Que diretriz poderosa. Este poderia ser um projeto para domar minha língua. Testemunhando o deserto árido de palavras dolorosas, eu estava animado para entrar nesta aventura da minha nova vida. Eu queria inspirar vida no meu mundo começando pela minha própria língua.


Já que nossa língua exerce o poder majestoso da vida e da morte, devemos estar atentos no que dizemos e como dizemos. Considere suas palavras. Suas palavras podem mudar tudo! 


Reflita:


Pequenas. Rápidas. Fáceis. Considere o impacto de suas palavras. Como você pode dizer mais dádivas verdadeiras e não palavras que destroem?


Oração:


Senhor, por favor, ajuda-me a estar consciente do poder da minha língua e das palavras que escolho. Ajuda-me a inspirar vida e não morte.