O que é Guerra Espiritual?

Devocional

O que é guerra espiritual?



Há um mundo invisível, espiritualmente falando, que nossos olhos humanos não podem ver. Neste mundo invisível, está ocorrendo uma batalha que foi instigada por nosso inimigo espiritual, Satanás. Ele também é conhecido como o diabo, o maligno e o ladrão, entre outros nomes. 



Satanás é o pai da mentira. Todo plano de ataque e atividade de Satanás começa com uma mentira. Essa é sua munição contra o seguidor de Cristo. Se ele pode nos fazer acreditar em uma mentira, esse é o começo do nosso engano. É por isso que devemos conhecer, viver, permanecer firmes e compartilhar a verdade de Deus. 



Nós devemos entender que Satanás não é onipresente. Existem oito bilhões de pessoas no mundo e o nosso bom e surpreendente Deus está com todos e cada um de nós. Mas Satanás não. Sim, existem outros espíritos e forças do mal em ação, mas ele não pode estar em todo lugar o tempo todo. Então, não vamos dar muito crédito a ele. 



Se escolhemos seguir a Cristo, estamos envolvidos em uma guerra espiritual. Por quê? Porque Satanás odeia que nós sejamos seguidores de Cristo, então ele fará o que puder para nos enganar. E enquanto Satanás tem algum poder, ele não é todo-poderoso como nosso grande Deus. Na verdade, ele está em uma rédea curta e realmente precisa pedir permissão a Deus para fazer qualquer coisa. 



“Simão, Simão, Satanás pediu vocês para peneirá-los como trigo. Mas eu orei por você, para que a sua fé não desfaleça. E, quando você se converter, fortaleça os seus irmãos”.Lucas 22:31-32 NVI



O fato de Satanás ter que pedir permissão a Deus é encorajador e difícil de ouvir, não é? Se Deus é 100% soberano, por que Ele permite que Satanás cause problemas? É aqui que nossa fé deve participar. Nunca entenderemos por que Deus não enviou Satanás ao seu lar eterno de tormento, mas Apocalipse 20:10 nos diz que é exatamente o que acontecerá com ele um dia. 



Nosso inimigo espiritual amaria se focássemos nas imperfeições dos outros e esquecêssemos que ele está lá. É uma grande parte de sua estratégia nos levar a pensar que a pessoa que nos ofendeu na estrada ou o membro da família que nos tratou mal é o inimigo. Eles não são – ele é. 



Só porque nosso inimigo espiritual está constantemente procurando maneiras de arruinar nossas vidas não significa que temos que viver derrotados. Quem habita em nós é muito maior que quem se propõe a nos destruir. Temos algumas ferramentas que podemos usar para nos proteger, para não cair nas armadilhas que ele cria para nós. Mergulhe nos próximos quatro dias deste plano para descobrir quais são.