O temor que vence o medo

Dia 2 de 5 • Leitura do dia

Devocional

Não é a despensa cheia que garante o sustento de uma casa; é o amor do Pai. Não é o armário cheio de roupas que garante a dignidade; é o amor do Pai. Não é a juventude ou a boa saúde que garantem a longevidade; é o amor do Pai. Não é a inteligência que garante o salário no fim do mês; é o amor do Pai. Não é a esperteza e as precauções que garantem a segurança da família; é o amor do Pai. A boa notícia é que o amor do Pai não falha, não acaba, não erra, não vacila, não depende de nós, não pode ser comprado, não pode ser diminuído. O amor do Pai é revelado pelo Filho na Cruz e confirmado pelo Espírito que, de dentro de nós, confirma que somos perfeitamente amados.