Um Guia de Oração para 7 Dias

Devocional

O que é oração? 


De acordo com o site Dictionary.com, oração é:


É uma petição devotada a Deus ou a um objeto de adoração.

Uma comunhão espiritual com Deus ou a um objeto de adoração.

O ato ou prática de
orar a Deus ou a um objeto de adoração.


Quando a palavra oração nos vem à mente, nós provavelmente temos uma ideia do que ela quer dizer. Talvez seja um pastor de igreja vestido em um roupão branco, de pé, atrás de um púlpito, com seus braços estendidos para a congregação. Poderia ser uma avó ajoelhada perto da cama, com as mãos entrelaçadas, conversando silenciosamente com Deus. Talvez seja um grupo de mulheres de mãos dadas em um círculo no salão de comunhão de uma igreja. Independente da sua formação, você provavelmente teve alguma experiência prévia com o conceito de oração. 


Porém, se formos honestos, a maioria de nós se envergonha quando ouve alguém dizer algo sobre oração. Podemos até nos sentir como os escritores dos Salmos que imploravam a Deus para ouvir seu clamor e suas orações, mas nos questionamos se Ele realmente vai ouvir. O raciocínio por trás desse pensamento negativo é provavelmente porque não achamos que estamos fazendo o suficiente. Então, quando alguém pergunta: "você orou sobre isso?" ou "como anda sua vida de oração?", normalmente nos sentimos bombardeados com desânimo. 


Billy Graham disse: "a oração é simplesmente uma conversa de mão dupla entre você e Deus". Simples, não é? Mesmo assim, fazemos dela um ato tão complexo. Então, vamos considerar a oração como uma comunicação com Deus. Claro e simples. Deus, nosso criador, nos encontra exatamente onde estamos. Não temos de nos consertar ou estampar uma carinha feliz antes de chegarmos a Ele. Podemos nos chegar a Ele quando precisamos de paz, direção e esperança, quando não sentimos paz, estamos completamente perdidos e temos pouca ou nenhuma esperança. Nada em nossa vida conturbada O assusta. Isso não é um alívio?


A oração é simplesmente:



  • conhecer a Deus.

  • comunicar nossos desejos a Deus. 

  • ouvir Deus falar a verdade ao nosso espírito.

  • expressar nossas necessidades para que Deus possa nos ajudar. 

  • observar Deus na criação e louvá-Lo.

  • sentar com Deus em nossa dor e pedir a Ele que nos conforte.

  • expressar nossa gratidão, agradecendo a Deus. 

  • uma conversa contínua com Deus.


Nossas vidas de oração devem ser menos sobre um quadro em um programa matutino para “começar bem o dia” e mais sobre uma conversa contínua, vibrante e aberta que temos ao longo do dia com Deus – nosso Pai Celestial.


Pelos próximos seis dias nos aprofundaremos no aspecto da oração e como podemos incorporar práticas que nos ajudarão a começar uma conversa contínua com Deus que durará por toda a vida.


Reflexão



  • Qual a sua lembrança mais antiga de oração? 

  • Escreva sobre um momento em que você foi surpreendido porque Deus respondeu sua oração.

  • Anote qualquer revelação que Deus tenha te dado durante a leitura da Bíblia ou devocional.