Sobrecarregada Pelas Minhas Bençãos Parte 6

Devocional

Interrupções


Estávamos sentados ao redor da mesa para realizar tarefas de escola, todos os meus filhos juntos, razoavelmente focados. É uma vitória! E então, alguém bate na porta. Grr! Isto acontecia quase todos os dias. Era minha vizinha me trazendo uma planta de seu jardim, ou um pé de alface fresquinho de sua horta, ou uma bijuteria. Eu agradecia rapidamente e tentava apressar a conversa enquanto intimamente torcia que meus filhos ainda estivessem à mesa quando eu voltasse.


Minha agenda e rotina diárias haviam sido interrompidas, e essa mamãe aqui não estava feliz. Com certeza demonstrei minha irritação quando voltei à mesa e os juntava para ensiná-los matemática e literatura.


Olhando para trás, vejo uma oportunidade perdida. Aquela batida na porta foi uma interrupção para mim, mas, agora, olhando através dos olhos de Deus, entendo que foi uma visita planejada. Essa “interrupção” foi um encontro enviado para mim, a fim de me ensinar paciência, praticar o amor e ensinar meus filhos através do meu exemplo.


Deus usou isto para o bem na minha vida, porque Ele não desperdiça nada. Eu acredito que perdi a verdadeira lição naquele momento, e falhei especialmente em dividí-las com meus filhos. 


Interrupções é o nome que damos aos eventos inesperados que invadem nossa agenda e rotina pessoais. Igual aquela vez quando você teve que parar o que estava fazendo e correr para levar ao marido a chave do escritório dele, que ele esqueceu. Quando sua mãe ligou bem na hora errada. Quando você acordou doente, ou, pior ainda – quando teu marido voltou doente para casa. Quando o teu carro precisa de combustível e você está atrasada para o trabalho. Os acidentes de desfralde, os ataques de birra, a sujeira.  


E se começássemos a perguntar a Deus o que Ele quer nos dizer nessas interrupções? E se passássemos a ver a quebra da nossa agenda como um presente a fim de nos aperfeiçoar e nos fazer crescer? E se parássemos naquele instante e pedíssemos a Deus que nos mostre a lição? E se dividíssemos com nossos filhos o que estamos aprendendo naquele momento, ao invés de dividir nossa irritação? 


E então, quem sabe, a agenda de Deus possa se tornar nossa nova agenda. Talvez a mudança repentina de planos seja uma oportunidade para falar aos filhos sobre a graça e a bondade, e uma vida vivida para Deus e não para nós mesmos. Esta pode se tornar uma hora para ajustarmos o cronograma, ao invés de ficarmos irritadas e aborrecidas.


Com uma nova mentalidade e uma mudança na perspectiva, podemos passar a chamar essas indesejadas interrupções de “Encontros Divinos”. Vamos permitir que Ele esteja no comando do nosso dia? 


Pai, o Senhor bem sabe em como gosto que meu dia tenha ordem e propósitos estabelecidos. Eu peço para que estes propósitos e a minha ideia de ordem jamais transponham Teu plano para meu dia. Quando minha agenda for alterada, ajude-me a estar bem alerta e consciente de que Tu estás bem perto de mim e tem um plano melhor que o meu, mesmo que isso me pareça impossível. Ajude-me a enxergar minha irritação como um sinal de que estou desviando da Sua presença e da Sua paz. De agora em diante decido chamar estas interrupções de “Encontros Divinos”!