Encontrando Paz

Devocional

O Fundamento para Toda a Paz



Pouco antes de uma palestra não muito tempo atrás, um membro de equipe e eu estávamos desfrutando de uma refeição na Costa Oeste. Enquanto uma jovem garçonete servia a nossa mesa durante a refeição, perguntei a ela: "Se você pudesse pedir a Deus por qualquer coisa na vida, o que você pediria que Ele fizesse?"



Sem hesitar, ela respondeu: "Eu pediria por paz."



Uma lágrima escorria do seu rosto enquanto ela compartilhava conosco sobre a morte da sua amada avó alguns dias antes.



Enquanto ela compartilhava sua história, percebi que ninguém de sua família acreditava em Deus – e nem ela. Ela não rejeitava a Deus conscientemente. Tudo o que ela sabia era que havia uma profunda inquietação interior, mas ela não tinha nenhum entendimento sobre como resolver esse tumulto interno, ou mesmo qual era a raiz dele. Como muitas pessoas, ela estava vivendo um dia de cada vez, sem ter muito propósito ou significado na vida.



Esta jovem representa tantos na sociedade hoje – sendo levados pela correnteza, esforçando-se para sobreviver, buscando um caminho onde parece não haver caminho, e tentando dar sentido a tudo isso.



Muitas vezes parece não haver respostas adequadas para o dilema humano – especialmente para a questão de por que nos sentimos tão vazios, sem valor e sem paz. Além disso, parece não haver razão satisfatória para continuarmos nos esforçando e ainda sofrendo com as adversidades da vida.



A jovem garçonete que nos servia explicava esta questão em suas palavras dizendo: "Preciso de paz". Outros diriam: "Sou tão solitário". Alguns diriam: "Se meu cônjuge apenas me amasse como deveria, então eu seria feliz.” Diferentes variações da mesma melodia: “Há algo errado... eu não sou feliz. Não tenho paz. O que há de errado comigo?"



A maioria das pessoas que são vítimas das mensagens da sociedade secular vivencia esse vazio e não identifica seu problema com Deus. Somos constantemente bombardeados com as alegações da sociedade: "Se você fosse mais magro, se vestisse com mais estilo, dirigisse um Jaguar, vivesse em uma parte melhor da cidade, ganhasse mais dinheiro…", a lista continua. Mas nenhuma das respostas citadas acima e altamente valorizadas para os problemas, ou qualquer uma das centenas de outras que nos são oferecidas, podem fornecer de forma permanente e satisfatória o que desejamos desesperadamente.



A jovem garçonete tinha razão: a maioria de nós acha que precisa de algo mais – e a palavra abrangente que descreve isso tão bem é paz.



E como pastor por mais de seis décadas, posso dizer-lhe que até você ter paz com Deus, você nunca experimentará a verdadeira paz nesta vida.