Encontrando Descanso em um Mundo Agitado

Devocional

Maria estava sentava aos pés de Jesus, apesar do que os outros pensavam dela. Na tradição judaica, mulheres deviam ficar em segundo plano ou na cozinha. Ela não podia sentar com os rapazes e ouvir o Rabbi. Contudo, ela escolheu priorizar Jesus sobre o protocolo social e a opinião dos outros. 



O apóstolo Paulo fala dessa mesma atitude em Gálatas 1:10 quando diz: "Por acaso eu procuro a aprovação das pessoas? Não! O que eu quero é a aprovação de Deus. Será que agora estou querendo agradar as pessoas? Se estivesse, eu não seria servo de Cristo."



Alguns dias antes do sepultamento de Jesus, essa mesma Maria tomou um frasco de perfume que valia o salário de um ano, o quebrou e derramou nos pés de Jesus. Segundo algumas estimativas, aquele perfume valeria hoje milhares de dólares.



Ela sabia que seria criticada. Mas fez isso mesmo assim.



Seu amor por Ele era sem reservas. Ela O adorou. Não uma adoração casual, do tipo "qual é o próximo evento na agenda". Mas uma adoração extravagante na qual ela não se importou com os custos. Era uma adoração reverencial, uma adoração extraordinária, talvez até uma adoração irracional. Ela não olhou o relógio ou sua carteira ou as pessoas a sua volta que levantavam seus dedos com julgamento.



Em vez disso, ela olhou para Jesus. Ela permitiu que Ele enchesse sua visão e ofuscasse tudo ao seu redor. 



Incline-se



Pai Celestial, algumas vezes, eu sei que fico abalado e nervoso porque estou focado nas opiniões e expectativas dos outros sobre mim. Ajude-me, em vez disso, a focar em Ti. E permitir que apenas Tu preenchas minha visão e que eu me deleite em Ti. Eu sei que há uma paz permanente em viver como Seu Ouvinte. Amém.