Inesperado

Devocional

Quando soube que tinha um tumor cancerígeno na tireoide, em 2015, foi tão inesperado. Mas enquanto passava por essa experiência, percebi que, se pararmos e pensarmos sobre isso, todo dia é cheio do inesperado. Nós fazemos as listas de tarefas. Partimos pensando que o dia irá de acordo com o plano. Mas isso não acontece, porque as interrupções repentinas invadem nossas vidas e introduzem o inesperado.



Mas, por mais surpreendente que seja o inesperado para nós, precisamos lembrar que o nosso inesperado nunca é inesperado para Deus. Deus sabia que aquele dia chegaria em minha vida e ele já estava, naquele dia, esperando por mim. O medo tentou me agarrar como acontece naturalmente quando recebemos más notícias, mas eu sabia que não podia deixar que isso me dominasse.



Eu sabia que tinha que impedir os pensamentos de irem longe demais – pensando em Nick e nas garotas e no futuro desconhecido, se viveria ou morreria, se era curável ou não. Eu sabia o suficiente para reconhecer que a linha de pensamento descontrolada na minha cabeça podia acelerar rapidamente por uma trilha perigosa e acabar em um lugar escuro. Eu sabia que precisava ter fé. Como muitas outras situações pelas quais passei antes, sabia que havia uma escolha a ser feita por mim: eu andaria com medo ou com fé?



Foi a fé que sempre me impulsionou através das circunstâncias no passado, por isso escolhi a fé. Isso não significa, no entanto, que o medo foi embora. Ainda me tentava, mas eu sabia que ser tentada com o medo não era o mesmo que ceder a isso – e não ceder a isso era a única maneira de superar o seu domínio.



Comecei a andar em fé acampando-me no que chamo de “casulo da fé”. É quando eu proativamente decido permanecer diligente na palavra, escutar louvores continuamente, e só permito que vozes cheias de fé entrem na minha vida, falando sobre uma situação particular. Eu sabia falar apenas fé. Eu tinha aprendido que ou alimentamos o medo ou alimentamos a fé, e que eu tinha o poder de escolher qual deles iria alimentar – então alimentei minha fé. Eu corri para Deus e não para longe de Deus. Eu lutei o bom combate da fé.



Você pode se aprofundar nesta mensagem de paz sobrenatural e completa confiança em Deus, mesmo quando a vida toma um rumo inesperado, através do mais recente livro de Christine, Unexpected (sem tradução para o português). Saiba mais sobre isso aqui



Adaptado de Unexpected: Leave Fear Behind, Move Forward in Faith, Embrace the Adventure [Inesperado: Deixando o Medo para Trás, Avançando pela Fé, Aceitando a Aventura, em tradução livre] por Christine Caine. Direitos autorais © 2018 por Christine Caine. Reproduzido com permissão da Zondervan Publishing. Todos os direito reservados