Paralelo
28
Elogio da sabedoria
Cap. 28
Olhos abertos para tudo o que é precioso
1Há minas de onde se tira a prata,
há lugares onde se refina o ouro.
2O ferro é tirado da terra,
e das pedras se derrete o cobre.
3Os mineiros levam luz para debaixo da terra;
eles exploram lugares profundos
e ali, na escuridão, procuram minérios.
4Longe das cidades,
em lugares por onde ninguém passa,
eles abrem os poços das minas.
E trabalham na solidão,
pendurados e balançando de um lado para outro.
5Por cima deles, a terra produz trigo
e por baixo está toda rasgada e esmigalhada.
6As suas pedras contêm safiras,
e no seu pó se encontra ouro.
7As águias não veem o caminho que desce para as minas,
e os falcões também não o conhecem.
8Os leões e outros animais ferozes
nunca descem por esse caminho.
9Os homens cavam as rochas mais duras
e cortam as montanhas até o chão.
10Eles furam túneis nas pedras,
com olhos abertos para tudo o que é precioso.
11Eles cavam até chegar às nascentes dos rios
e trazem para a luz o que estava escondido.
O valor da sabedoria
12Mas onde pode ser achada a sabedoria?
Em que lugar está a inteligência?
13Os seres humanos não conhecem o valor da sabedoria
e não a encontram neste mundo.
14O Oceano afirma: “Aqui não está”,
e o Mar diz: “Aqui também não.”
15Ela não pode ser comprada com ouro,
nem trocada por prata.
16Não se compra a sabedoria com o ouro mais puro,
nem com pedras preciosas, como a ágata ou a safira.
17Ela vale mais do que o ouro ou o vidro;
não se pode trocá-la por joias de ouro puro.
18Do coral e do cristal nem se fala;
a sabedoria é mais valiosa do que as pérolas.
19O topázio da Etiópia não se compara com ela;
e ela não pode ser comprada com o ouro mais puro.
Só Deus sabe onde está a sabedoria
20De onde vem, então, a sabedoria?
Em que lugar está a inteligência?
21Nenhum ser vivo pode vê-la,
nem mesmo as aves que voam no céu.
22Até a Destruição e a Morte dizem:
“Nós apenas ouvimos falar dela.”
23Só Deus conhece o caminho;
só ele sabe onde está a sabedoria
24porque a sua vista alcança os lugares mais distantes do mundo;
ele vê tudo o que acontece aqui na terra.
25Quando Deus regulou a força dos ventos
e marcou o tamanho do mar;
26quando decidiu onde a chuva devia cair
e por onde a tempestade devia passar;
27foi então que ele viu a sabedoria,
e a examinou, e aprovou.
28E ele disse aos seres humanos:
“Para ser sábio, é preciso temer o Senhor;
para ter compreensão, é necessário afastar-se do mal.”