Paralelo
17
A aliança e a circuncisão
1Quando Abrão tinha noventa e nove anos, o Senhor Deus apareceu a ele e disse:
— Eu sou o Deus Todo-Poderoso. Viva uma vida de comunhão comigo e seja obediente a mim em tudo. 2Eu farei a minha aliança com você e lhe darei muitos descendentes.
3Então Abrão se ajoelhou, encostou o rosto no chão, e Deus lhe disse:
4— Eu faço com você esta aliança: prometo que você será o pai de muitas nações. 5Daqui em diante o seu nome será Abraão e não Abrão , pois eu vou fazer com que você seja pai de muitas nações. 6Farei com que os seus descendentes sejam muito numerosos, e alguns deles serão reis. 7A aliança que estou fazendo para sempre com você e com os seus descendentes é a seguinte: eu serei para sempre o Deus de você e o Deus dos seus descendentes. 8Darei a você e a eles a terra onde você está morando como estrangeiro. Toda a terra de Canaã será para sempre dos seus descendentes, e eu serei o Deus deles.
9Deus continuou:
— Você, Abraão, será fiel à minha aliança, você e os seus descendentes, para sempre. 10Pela aliança que estou fazendo com você e com os seus descendentes, todos os homens entre vocês deverão ser circuncidados. 11A circuncisão servirá como sinal da aliança que há entre mim e vocês. 12De hoje em diante vocês circuncidarão todos os meninos oito dias depois de nascidos, e também os escravos que nascerem nas casas de vocês, e os que forem comprados de estrangeiros. 13Tanto uns como outros deverão ser circuncidados, sem falta. Esse será um sinal que vai ficar no seu corpo para mostrar que a minha aliança com vocês é para sempre. 14Quem não for circuncidado não poderá morar no meio de vocês, pois não respeitou a minha aliança.
15Depois Deus disse a Abraão:
— De hoje em diante não chame mais a sua mulher de Sarai, mas de Sara . 16Eu a abençoarei e darei a você um filho, que nascerá dela. Sim, eu a abençoarei, e ela será mãe de nações; e haverá reis entre os seus descendentes.
17Abraão se ajoelhou, encostou o rosto no chão e começou a rir ao pensar assim: “Por acaso um homem de cem anos pode ser pai? E será que Sara, com os seus noventa anos, poderá ter um filho?” 18Então Abraão disse a Deus o seguinte:
— Quem dera que Ismael vivesse abençoado por ti!
19Mas Deus respondeu:
— O que eu disse foi que Sara, a sua mulher, lhe dará um filho. E você o chamará de Isaque . Eu manterei a minha aliança com ele e com os seus descendentes, para sempre. 20Também ouvi o seu pedido a respeito de Ismael; e eu o abençoarei e lhe darei muitos filhos e muitos descendentes. Ele será pai de doze príncipes, e eu farei com que os descendentes dele sejam uma grande nação. 21Mas a minha aliança eu manterei com Isaque, o seu filho, que Sara dará à luz nesta mesma época, no ano que vem.
22Quando acabou de falar com Abraão, Deus subiu e o deixou. 23Naquele mesmo dia Abraão fez como Deus havia mandado. Ele circuncidou o seu filho Ismael e todos os outros homens da sua casa, incluindo os escravos nascidos na sua casa e os que tinham sido comprados de estrangeiros. 24Abraão tinha noventa e nove anos quando foi circuncidado, 25e o seu filho Ismael tinha treze. 26Os dois foram circuncidados no mesmo dia. 27E foram circuncidados também todos os escravos de Abraão, tanto os nascidos na sua casa como os que tinham sido comprados de estrangeiros.