Série Steps - Passo 06

Dia 1 de 7 • Leitura do dia

Devocional

Jesus, um caminho ou O Caminho para a eternidade? 


Sempre temos aquelas pessoas que buscamos quando precisamos de recomendação. Conhecemos um especialista para cada área. E o motivo de buscarmos essas pessoas é porque queremos saber o que há de melhor.


E quando falamos a respeito das coisas que realmente importam, como nossa saúde, nossa família, nosso futuro? Nós vamos a um nível ainda mais exclusivo em relação ao que queremos. Para caso de ataque no coração, você não buscará um ortopedista, buscará o melhor cardiologista da cidade para cuidar de você, para salvar a sua vida. É isso que todos nós queremos.


A Bíblia fala conosco nestes termos. Nós estávamos, espiritualmente, mortos, e havia apenas uma coisa que poderia nos dar vida novamente. Existem muitos caminhos para uma vida moral, religiosa ou social, porém existe apenas um caminho que nos traz da morte para a vida.


Jesus, um Caminho ou O Caminho?


Deixemos Jesus responder esta pergunta.


... Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar. E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver. Vocês conhecem o caminho para onde vou. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como então podemos saber o caminho? respondeu Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim (João 14:1-6).


É lindo como a Bíblia é clara em suas afirmações, e eu amo como Jesus e seus discípulos se relacionavam. Certamente, na sua empresa, faculdade ou escola há aquele momento em que você quer fazer uma pergunta, mas acha que ela não faz sentido. Sabe aquele momento que você quer fazer aquela pergunta para seu chefe ou professor, que pode estar na ponta da língua de todos, mas poucos têm coragem de perguntar? No relacionamento de Jesus com seus discípulos, ele construiu um ambiente de confiança tão forte que Tomé teve liberdade de interromper a fala maravilhosa de Jesus e fazer uma pergunta, que para um discípulo parece óbvia. 


O conceito do discipulado é que existe um aprendiz e um mestre, um líder e um seguidor. E Tomé seguia Jesus sem saber para onde Ele estava indo, sem saber o caminho. Então, ele faz a pergunta: Senhor, não sabemos para onde vais, como podemos saber o caminho?


Todo ser humano entende dentro de si que precisa haver um caminho. Existe algo dentro do homem que aponta para o que existe além dos muros deste mundo, o que vai além de nós mesmos e do tempo em que vivemos. Algo que vai além das coisas que podemos tocar, sentir e ver. A humanidade está tentando, de várias formas, achar a resposta para a mesma pergunta: Como podemos conhecer o caminho?


Quando Jesus responde, responde de maneira simples, poderosa e muito significativa. Ele não esconde nada, libera toda a informação para a pergunta de Tomé:


Respondeu Jesus: Eu o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. Se vocês realmente me conhecessem, conheceriam também o meu Pai. Já agora vocês o conhecem e o têm visto (João 14:6-7).


Jesus é o caminho para um relacionamento pessoal com Deus. Ele permite que você e eu vivamos, permite que nosso jejum alcance os céus, permite ouvirmos instruções de Deus quando os questionamentos estão nos atordoando na vida, permite experimentarmos a paz que vai além de todo entendimento.