Esperançar é preciso

Devocional

Âncora da Alma 


Lembro-me da letra de uma canção antiga que meus pais escutavam quando eu era pequena: 


“Há momentos que na vida



Pensamos em olhar atrás




É preciso pedir ajuda




Para poder continuar




E clamamos o nome de Jesus [...]




Ele nos ajuda…”


Confesso que me emociono quando essa melodia me vem à mente porque ela me lembra de uma grande verdade. Na vida temos momentos difíceis, em que a tormenta parece querer destruir nossos sonhos, dias em que as nuvens estão tão densas que encobrem todo o brilho do sol. Em algumas estações da vida, temos a sensação de que o choro dura muito mais do que uma noite. São nesses momentos que pensamos em olhar para trás. 


E caímos no erro de compararmos nossos dias atuais – tão carregados de dor e lágrimas – com os dias em que sentíamos que a felicidade era uma visita constante. 


A Bíblia nos orienta a não cairmos nesse erro, não é sábio, e com certeza não traz nenhum benefício. 


No entanto, a canção nos lembra... que é preciso pedir ajuda para poder continuar. Na caminhada, podemos contar com o auxílio do consolo divino. A presença de Jesus conosco é uma promessa! Precisamos confiar no que Ele diz.


Não fomos criados para vivermos isolados. Mas temos dificuldade em compartilhar os nossos corações, medos, anseios e tristezas. Não nos sentimos à vontade para sermos vulneráveis, e como consequência encaramos muitos dilemas existenciais e emocionais sozinhos. 


Dentro de nós, carregamos o ressentimento de nos sentirmos esquecidos diante de Deus, questionamos e exigimos que Ele nos isente das mágoas e amarras emocionais. A verdade é que estamos do lado de cá da eternidade, e aqui sentiremos o impacto de um mundo caído, as coisas deste mundo nos afetam. Mas Deus não nos abandonou, e nunca o fará. 


Podemos continuar vivendo em meio a dor e o sofrimento, porque Nele temos a segurança do amor que nos tira o medo. Nele temos a certeza do Consolador. Nele temos a fé que é a âncora da alma, e que nos ajuda a passar pelas tempestades da vida. Nele temos um futuro de paz, e a confiança de que do lado de lá da eternidade, no reino dos céus, não haverá mais lágrima e nem dor. Ele nos enxugará os olhos. 




Rebeca Andrade

Coordenadora do Vem para Vida da JBB