Sobre/viver

Devocional

Sádicos




Atentar contra um inocente é crime hediondo. Descaso pelos pobres, pelos vulneráveis, pelos indefesos, pelos “sem voz” ofende os céus.


Essa maldade gratuita — vamos armar emboscada para passar o tempo, vamos nos divertir fazendo maldades, vamos prejudicar pessoas fazendo-lhes o mal —, sem razão alguma, embora jamais exista razão que justifique o mal e a maldade, mas essa maldade por passatempo, por divertimento, revela essa podridão que existe dentro do coração humano e que as mentes e as consciências mais politicamente corretas têm vergonha de admitir.


A raça humana tem dentro de si, na alma, algo de podre que leva a esse despropósito e a essa banalização da maldade.


Isso ofende os céus. Não é um caminho de sabedoria. Merece a nossa rejeição, o nosso repúdio. É iniquidade. O sadismo é iniquidade da pior espécie. Afaste-se disso! Afaste-se de gente assim. 


 


Extraído e adaptado da obra Sobre/viver, de Ed René Kivitz (Mundo Cristão, 2017).