Paralelo
29
Defesa final de Jó
Caps. 29—31
Deus iluminava o meu caminho
1E Jó continuou a sua fala e disse:
2“Ah! Se eu pudesse voltar meses atrás,
para os dias em que Deus me protegia!
3Naquele tempo, Deus iluminava o meu caminho,
e com a sua luz eu podia andar na escuridão.
4Naqueles dias, eu estava bem de vida,
e a amizade de Deus era a proteção do meu lar.
5O Todo-Poderoso estava comigo,
e os meus filhos viviam ao meu redor.
6Em casa sempre havia leite à vontade
e também azeite, tirado das oliveiras plantadas entre as pedras.
7Quando eu saía para a reunião do tribunal
e me assentava entre os juízes,
8os moços me viam e abriam passagem,
e os idosos se punham de pé.
9As pessoas mais importantes paravam de falar
e ficavam em silêncio.
10As autoridades se calavam;
não diziam mais nada.
Eu era pai dos pobres
11“Quem me ouvia falar me dava parabéns;
os que me viam falavam bem de mim,
12pois eu ajudava os pobres que pediam ajuda
e cuidava dos órfãos que não tinham quem os protegesse.
13Pessoas que estavam na miséria me abençoavam,
e as viúvas se alegravam com o meu auxílio.
14A minha justiça e a minha honestidade faziam parte de mim;
eram como a roupa que eu uso todos os dias.
15Eu era olhos para os cegos
e pés para os aleijados.
16Era pai dos pobres
e defensor dos direitos dos estrangeiros.
17Eu acabava com o poder dos exploradores
e livrava das suas garras as vítimas.
Todas as pessoas me davam atenção
18“Eu pensava assim:
‘Vou viver uma vida longa
e morrer em casa, com todo o conforto.
19Serei como uma árvore de raízes que chegam até a água,
uma árvore que todas as noites é molhada pelo orvalho.
20Todos só falarão bem de mim,
e eu serei sempre vigoroso e forte.’
21Todas as pessoas me davam atenção
e em silêncio escutavam os meus conselhos.
22Quando acabava de falar, ninguém discordava.
As minhas palavras entravam na cabeça deles
como se fossem gotas de água na areia.
23Todos as esperavam ansiosos,
como se espera a chuva no tempo de calor.
24Eu sorria para aqueles que tinham perdido a esperança;
o meu rosto alegre lhes dava coragem.
25Eu era como um chefe,
decidindo o que eles deviam fazer;
eu os dirigia como um rei à frente do seu exército
e os consolava nas horas de aflição.