Paralelo
18
A divisão do resto da terra
1Toda a congregação dos filhos de Israel se reuniu em Siló, e ali armaram a tenda do encontro. E a terra estava sujeita diante deles.
2Sete tribos dos filhos de Israel ainda não tinham recebido a sua herança. 3Então Josué disse aos filhos de Israel:
— Até quando vocês terão preguiça de entrar e tomar posse da terra que o Senhor, o Deus de seus pais, deu a vocês? 4Escolham três homens de cada tribo, para que eu os envie, eles se disponham, percorram a terra, façam uma descrição por escrito segundo a herança das tribos e depois voltem para junto de mim. 5Dividirão a terra em sete partes: Judá ficará no seu território, ao sul, e a casa de José ficará no seu território, ao norte. 6Descrevam a terra em sete partes e me tragam essa descrição, para que aqui diante do Senhor, nosso Deus, eu lhes faça o sorteio. 7Porque os levitas não têm parte entre vocês, pois a parte deles é o sacerdócio do Senhor. Gade, Rúben e a meia tribo de Manassés já haviam recebido a sua herança do outro lado do Jordão, na direção do leste, a qual lhes foi dada por Moisés, servo do Senhor.
8Então aqueles homens se levantaram e se foram. E Josué deu a seguinte ordem aos que iam fazer a descrição da terra:
— Vão, percorram a terra, façam uma descrição dela e voltem para mim. Aqui em Siló, diante do Senhor, farei o sorteio para vocês.
9Assim os homens foram, percorreram a terra, fizeram dela uma descrição num livro, cidade por cidade, em sete partes, e voltaram a Josué, ao arraial em Siló. 10Então Josué lhes lançou as sortes em Siló, diante do Senhor. E ali Josué repartiu a terra, segundo as suas divisões, aos filhos de Israel.
A herança de Benjamim
11Saiu a sorte da tribo dos filhos de Benjamim, segundo as suas famílias; e o território sorteado ficava entre os filhos de Judá e os filhos de José.
12O seu limite foi para o lado norte desde o Jordão; subia ao lado de Jericó, para o norte, e subia pela região montanhosa, para o oeste, para terminar no deserto de Bete-Áven. 13E dali o limite passava a Luz, ao lado de Luz, que é Betel, para o sul; descia a Atarote-Adar, ao pé do monte que está do lado sul de Bete-Horom-de-Baixo.
14O limite seguia e voltava ao lado oeste, para o sul do monte que está diante de Bete-Horom, para o sul, e terminava em Quiriate-Baal, que é Quiriate-Jearim, cidade dos filhos de Judá; este era o lado oeste.
15O lado do sul começava na extremidade leste de Quiriate-Jearim e seguia até a fonte das águas de Neftoa; 16o limite descia até a extremidade do monte que está diante do vale de Ben-Hinom, ao norte do vale dos Refains, e descia pelo vale de Hinom do lado dos jebuseus, para o sul; e baixava a En-Rogel; 17volvia-se para o norte, chegava a En-Semes, de onde passava para Gelilote, que está diante da subida de Adumim, e descia à pedra de Boã, filho de Rúben; 18passava pela vertente norte, diante da planície, e descia à planície. 19Depois, o limite passava até o lado de Bete-Hogla, para o norte, para terminar na baía do mar Salgado, na desembocadura do Jordão, ao sul; este era o limite do sul.
20Do lado leste, o Jordão era o seu limite.
Esta era a herança dos filhos de Benjamim nos seus limites ao redor, segundo as suas famílias.
As cidades de Benjamim
21As cidades da tribo dos filhos de Benjamim, segundo as suas famílias, eram Jericó, Bete-Hogla, Emeque-Quesis, 22Bete-Arabá, Zemaraim, Betel, 23Avim, Pará, Ofra, 24Quefar-Amonai, Ofni e Gaba. Ao todo, doze cidades com as suas aldeias.
25Gibeão, Ramá, Beerote, 26Mispa, Cefira, Mosa, 27Requém, Irpeel, Tarala, 28Zela, Elefe, Jebus, que é Jerusalém, Gibeá e Quiriate. Ao todo, catorze cidades com as suas aldeias.
Esta era a herança dos filhos de Benjamim, segundo as suas famílias.