Paralelo
1
A encarnação do Verbo
1No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus,#Jo 17.5 e o Verbo era Deus.#Fp 2.6 2Ele estava no princípio com Deus. 3Todas as coisas foram feitas por ele,#1Co 8.6; Cl 1.16; Hb 1.2 e, sem ele, nada do que foi feito se fez. 4A vida estava nele#Jo 5.26 e a vida era a luz dos homens.#Jo 8.12 5A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.
6Houve um homem enviado por Deus, e o nome dele era João.#Mt 3.1; Mc 1.4; Lc 3.1-2 7Este veio como testemunha para testificar a respeito da luz, para que todos viessem a crer por meio dele. 8Ele não era a luz,#Jo 1.20 mas veio para dar testemunho da luz, 9a verdadeira luz, que, vinda ao mundo, ilumina toda humanidade.#1Jo 2.8
10O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por meio dele, mas o mundo não o conheceu. 11Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.#Jo 5.43 12Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome,#Gl 3.26; 1Jo 3.1 13os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.#1Pe 1.23; 1Jo 3.9 14E o Verbo se fez carne e habitou entre nós,#1Tm 3.16; Hb 2.14; 1Jo 4.2 cheio de graça e de verdade,#Jo 1.17 e vimos a sua glória,#Jo 2.11 glória como do unigênito do Pai.
15João dá testemunho a respeito dele e exclama:
— Este é aquele de quem eu dizia: “Ele vem depois de mim, mas é mais importante do que eu, pois já existia antes de mim.”#Mt 3.11
16Porque todos nós temos recebido da sua plenitude#Cl 1.19; 2.9 e graça sobre graça. 17Porque a lei foi dada por meio de Moisés;#Jo 7.19 a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo. 18Ninguém jamais viu Deus;#Jo 6.46; 1Tm 6.16; 1Jo 4.12 o Deus unigênito, que está junto do Pai, é quem o revelou.#Mt 11.27; Jo 14.9
O testemunho de João Batista
Mt 3.1-12; Mc 1.2-8; Lc 3.1-18
19Este foi o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar: “Quem é você?” 20Ele confessou e não negou; confessou:
— Eu não sou o Cristo.
21Diante disso, lhe perguntaram:
— Quem é você, então? Você é Elias?#Ml 4.5
Ele disse:
— Não sou.
Então perguntaram:
— Você é o profeta?#Dt 18.15-18
Ele respondeu:
— Não, não sou.
22Disseram-lhe, então:
— Diga quem é você, para podermos dar uma resposta àqueles que nos enviaram. O que é que você diz a respeito de si mesmo?
23Então ele respondeu:
— Eu sou “a voz do que clama no deserto: Endireitem o caminho do Senhor”,#Is 40.3 como disse o profeta Isaías.
24Ora, os que haviam sido enviados eram do grupo dos fariseus. 25E perguntaram a João:
— Então por que você batiza, se não é o Cristo, nem Elias, nem o profeta?
26João respondeu:
— Eu batizo com#1.26 Ou em água, mas no meio de vocês está alguém que vocês não conhecem. 27Ele vem depois de mim, mas não sou digno de desamarrar as correias das suas sandálias.#Mt 3.11; Jo 1.15
28Essas coisas aconteceram em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.
O Cordeiro de Deus
29No dia seguinte, vendo que Jesus vinha em sua direção, João disse:
— Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!#1Jo 3.5 30Este é aquele a respeito de quem eu falava, quando disse: “Depois de mim vem um homem que é mais importante do que eu, porque já existia antes de mim.”#Jo 1.15 31Eu mesmo não o conhecia, mas vim batizando com#1.31 Ou em água a fim de que ele fosse manifestado a Israel.#Lc 1.76
32E João testemunhou, dizendo:
— Vi o Espírito descer do céu como pomba e pousar sobre ele.#Lc 3.22 33Eu não o conhecia; aquele, porém, que me enviou a batizar com#1.33 Ou em água me disse: “Aquele sobre quem você vir descer e pousar o Espírito, esse é o que batiza com o Espírito Santo.” 34Pois eu mesmo vi e dou testemunho de que ele é o Filho de Deus.
Os primeiros discípulos de Jesus
35No dia seguinte, João estava outra vez na companhia de dois dos seus discípulos 36e, vendo Jesus passar, disse:
— Eis o Cordeiro de Deus!#Jo 1.29
37Os dois discípulos, ouvindo-o dizer isso, seguiram Jesus. 38E Jesus, voltando-se e vendo que o seguiam, disse-lhes:
— O que vocês estão procurando?
Eles disseram:
— Rabi (que quer dizer “Mestre”), onde o senhor mora?
39Jesus respondeu:
— Venham ver!
Então eles foram, viram onde Jesus estava morando e ficaram com ele aquele dia. Eram mais ou menos quatro horas da tarde.
40André, o irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido o testemunho de João e seguido Jesus. 41Ele encontrou primeiro o seu próprio irmão, Simão, a quem disse:
— Achamos o Messias! (“Messias” quer dizer “Cristo”.)
42E o levou a Jesus. Jesus olhou para ele e disse:
— Você é Simão, filho de João, mas agora será chamado Cefas. (“Cefas” quer dizer “Pedro”.)
Filipe e Natanael
43No dia seguinte, Jesus resolveu ir para a Galileia e encontrou Filipe, a quem disse:
— Siga-me.
44Esse Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro. 45Filipe encontrou Natanael e lhe disse:
— Achamos aquele de quem Moisés escreveu na Lei, e a quem se referiram os profetas: Jesus, o Nazareno, filho de José.#Jo 6.42
46Então Natanael perguntou:
— De Nazaré pode sair alguma coisa boa?
Filipe respondeu:
— Venha ver!
47Jesus viu Natanael se aproximar e disse a respeito dele:
— Eis um verdadeiro israelita, em quem não existe fingimento algum!
48Natanael perguntou a Jesus:
— De onde o senhor me conhece?
Jesus respondeu:
— Antes de Filipe chamá-lo, eu já tinha visto você debaixo da figueira.
49Então Natanael exclamou:
— Mestre, o senhor é o Filho de Deus!#Jo 1.34 O senhor é o Rei de Israel!#Jo 12.13; 18.37
50Ao que Jesus lhe respondeu:
— Você crê porque eu disse que tinha visto você debaixo da figueira? Pois você verá coisas maiores do que estas.
51E acrescentou:
— Em verdade, em verdade lhes digo que vocês verão o céu aberto e os anjos de Deus # Gn 28.12 subindo e descendo sobre o Filho do Homem.