17
Jesus ora pelos discípulos
1Depois de ter falado estas coisas, Jesus olhou para o céu e disse:
—Pai, chegou a hora! Glorifique ao seu Filho para que o seu Filho possa glorificá-lo.2Pois o senhor lhe deu poder sobre todos, para que ele pudesse dar a vida eterna para aqueles que o senhor deu a ele.3E a vida eterna é esta: Que eles conheçam o senhor, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, aquele por ele enviado.4Eu o glorifiquei na terra e acabei o trabalho que me deu para fazer.5Agora, Pai, glorifique-me em sua presença com a mesma glória que eu tinha com o senhor antes de o mundo ser criado.
6—O senhor me deu alguns homens do mundo e eu fiz o senhor conhecido entre eles. Embora eles fossem seus, o senhor os deu a mim e eles têm obedecido a sua palavra.7Agora eles sabem que todas as coisas que o senhor me deu vêm do senhor.8Eu dei a eles o mesmo ensinamento que o senhor me deu e eles aceitaram. Eles realmente sabem que eu vim do senhor e acreditam que o senhor me enviou.9Eu estou orando por eles. Não oro pelo mundo, mas por aqueles que o senhor me deu, pois eles são seus.10Tudo o que eu tenho é seu, e tudo o que o senhor tem é meu; e eu sou glorificado neles.11Agora eu estou indo para onde o senhor está. Eles ainda vão ficar no mundo, mas eu não estarei mais aqui. Pai Santo! Guarde-os pelo poder de seu nome, o nome que o senhor me deu, para que eles sejam um só, assim como nós.12Enquanto eu estava com eles, eu os guardei com o poder do seu nome, nome que o senhor me deu. Eu os protegi e nenhum se perdeu, a não ser o filho da perdição, para que acontecesse o que a Escritura#Escritura(s) As coisas sagradas escritas, o Velho Testamento. diz.
13—Agora eu estou indo para onde o senhor está. Mas eu estou dizendo estas coisas enquanto ainda estou no mundo para que eles possam sentir dentro deles toda minha alegria.14Eu tenho dado a eles o seu ensinamento, mas o mundo os odiou pois eles não pertencem ao mundo assim como eu também não pertenço.15Não estou pedindo que o senhor os tire do mundo, mas que os guarde do maligno.16Eles não pertencem ao mundo, assim como eu também não pertenço ao mundo.17Que o senhor os torne seus por meio da verdade. O seu ensinamento é a verdade.18Eu os enviei para o mundo assim como o senhor me enviou.19A favor deles eu me entrego completamente ao senhor. Faço isso para que, mediante a verdade, eles possam pertencer ao senhor.
20—Eu não estou orando somente por eles, mas também por aqueles que ainda vão acreditar em mim por intermédio do ensino deles,21para que todos sejam um só. Pai, oro também para que eles estejam em nós, assim como eu estou no senhor e o senhor está em mim. Que eles sejam um para que o mundo acredite que o senhor me enviou.22Eu dei a eles a glória que o senhor me deu para que eles possam ser um, assim como o senhor e eu somos um;23Eu neles e o senhor em mim, para que eles possam ser completamente unidos. Então o mundo vai entender que o senhor me enviou e que o senhor amou a eles assim como ama a mim.
24—Pai, eu quero que aqueles que o senhor me deu estejam comigo onde eu estiver. Eu quero que eles vejam a minha glória, glória que o senhor me deu porque o senhor me amou antes do mundo existir.25Pai bondoso! O mundo não conhece o senhor, mas eu o conheço. E aqueles que acreditam em mim, sabem que foi o senhor que me enviou.26Eu já mostrei o senhor a eles e ainda vou fazer isso outra vez. Eu vou fazer isso para que eles tenham o mesmo amor que o senhor tem por mim e eu viverei neles.
Loading reference in secondary version...