12
A nova vida
1Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional; 2e não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que proveis qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
O devido uso de dons espirituais
3Pela graça que me foi dada, digo a todo aquele que está entre vós que não pense de si mais do que convém, mas dirija a sua atenção para pensar sabiamente, conforme a medida da fé que Deus a cada um repartiu. 4Pois assim como temos muitos membros em um só corpo, e todos os membros não têm a mesma função, 5assim nós, sendo muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros. 6Tendo dons diferentes segundo a graça que nos foi dada: se é profecia, profetizemos segundo a proporção da nossa fé; 7se é ministério, dediquemo-nos ao nosso ministério; ou o que ensina dedique-se ao seu ensino; 8ou o que exorta, à sua exortação; o que reparte, faça-o com simplicidade; o que preside, com zelo; o que usa de misericórdia, com alegria.
Direções para a vida cristã
9O amor seja sem hipocrisia. Detestai o mal, apegai-vos ao bem; 10em amor fraternal, sede afeiçoados ternamente uns aos outros; na honra, dê cada um de vós preferência aos outros; 11no zelo, não sejais remissos; no espírito, sede fervorosos; servi ao Senhor; 12na esperança, sede alegres; na tribulação, pacientes; na oração, perseverantes; 13socorrei as necessidades dos santos; exercitai a hospitalidade. 14Abençoai aos que vos perseguem; abençoai e não amaldiçoeis. 15Alegrai-vos com os que se alegram; chorai com os que choram. 16Tende o mesmo sentimento uns para com os outros; não cuideis nas coisas altivas, mas acomodai-vos às humildes. Não sejais sábios aos vossos olhos. 17Não torneis a ninguém mal por mal; cuidai em coisas dignas diante de todos os homens; 18se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens; 19não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus; porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor. 20Antes, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isso, amontoarás brasas vivas sobre a sua cabeça. 21Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.
Loading reference in secondary version...

1917, 2010 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.