6
Filhos e pais
1Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isso é justo. 2Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), 3para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. 4Vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.
Servos e senhores
5Servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne com temor e tremor, na sinceridade do vosso coração, como a Cristo, 6não servindo só à vista, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus, 7servindo-os com boa vontade, como ao Senhor e não como a homens, 8sabendo que cada um, se fizer alguma coisa boa, receberá, outra vez, do Senhor, ou seja escravo ou livre. 9Vós, senhores, procedei do mesmo modo com eles, deixando as ameaças, sabendo que o Senhor tanto deles como vosso está nos céus e que ele não se deixa levar de respeitos humanos.
A armadura de Deus
10Finalmente, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. 11Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do Diabo; 12pois não temos que lutar contra carne e sangue, mas contra os principados, contra os poderes, contra os governadores do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniquidade nas regiões celestes. 13Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, tendo feito tudo, ficar firmes. 14Estai, portanto, firmes, tendo os vossos lombos cingidos de verdade e sendo vestidos da couraça da justiça, 15e calçados os pés com a preparação do evangelho da paz, 16em tudo tomando o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. 17Tomai o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus, 18com toda oração e súplica, orando em todo o tempo no Espírito e, para isso vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos 19e por mim para que me seja dada, no abrir da minha boca, palavra, para, com ousadia, fazer conhecido o mistério do evangelho, 20por amor do qual sou embaixador em cadeias, para que nele eu tenha coragem para falar como devo falar.
Tíquico
21Mas, para que saibais também as minhas coisas, como eu passo, Tíquico, irmão amado e fiel ministro no Senhor, vos dará a conhecer tudo. 22Eu vo-lo enviei para isso mesmo, para que conheçais o nosso estado e para que conforte os vossos corações.
A bênção
23Paz aos irmãos e amor com fé, da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo. 24A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo com amor incorruptível.
Loading reference in secondary version...

1917, 2010 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.