10
Provérbios de Salomão
1O filho sábio é a alegria do seu pai, mas o filho sem juízo é a tristeza da sua mãe.
2Aquilo que se consegue com desonestidade não serve de nada, mas a honestidade livra da morte.
3O Senhor Deus não deixa que os bons passem fome, mas impede os maus de conseguirem o que tanto querem.
4O preguiçoso fica pobre, mas quem se esforça no trabalho enriquece.
5Quem tem juízo colhe no tempo certo, mas quem dorme na época da colheita passa vergonha.
6Os bons são abençoados. As palavras dos maus escondem a sua violência.
7Os bons serão lembrados como uma bênção, porém os maus logo serão esquecidos.
8Quem tem juízo aceita os bons conselhos; quem não tem cuidado com o que diz acaba na desgraça.
9A pessoa honesta anda em paz e segurança, mas a desonesta será desmascarada.
10Quem esconde a verdade causa problemas, mas quem critica com franqueza trabalha pela paz.
11As palavras dos bons são uma fonte de vida, mas as palavras dos maus escondem a sua violência.
12O ódio provoca brigas, mas o amor perdoa todas as ofensas.
13A pessoa sábia diz palavras de sabedoria, mas aquela que não tem juízo precisa ser castigada.
14Os sábios guardam todo o conhecimento que podem, mas o tolo, quando fala, logo traz desgraça.
15A riqueza protege os ricos, e a pobreza destrói os pobres.
16O trabalho dos bons produz vida, mas o resultado do pecado é somente mais pecado.
17Aquele que aceita ser repreendido anda no caminho da vida, mas quem não aceita cai no erro.
18Com as suas palavras, o mentiroso esconde o seu ódio; quem espalha mexericos não tem juízo.
19Quanto mais você fala, mais perto está de pecar; se você é sábio, controle a sua língua.
20As palavras dos bons são como a prata pura; as ideias dos maus não têm valor.
21As palavras dos bons fazem bem a muita gente, mas a falta de juízo leva à morte.
22A bênção do Senhor Deus traz prosperidade, e nenhum esforço pode substituí-la.
23Para o malvado, fazer o mal é divertimento, mas a pessoa sensata encontra prazer na sabedoria.
24Quando o mau tem medo de alguma coisa, é isso mesmo o que lhe acontece, mas a pessoa direita consegue o que deseja.
25Vem a tempestade e acaba com os maus, porém os honestos continuam sempre firmes.
26Nunca mande um preguiçoso fazer alguma coisa; ele será tão irritante como vinagre nos dentes ou fumaça nos olhos.
27Quem teme o Senhor tem vida longa, porém os maus morrem antes do tempo.
28A esperança dos bons traz alegria, mas os planos dos maus dão em nada.
29O Senhor protege os bons, mas causa a desgraça dos que fazem o mal.
30As pessoas direitas estarão sempre em segurança, porém os maus não terão onde morar.
31As pessoas honestas dizem coisas sábias; quem diz coisas perversas recebe um terrível castigo.
32Os homens direitos sabem dizer coisas agradáveis, porém os maus estão sempre ofendendo os outros.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.