41
1No sétimo mês daquele ano, Ismael, filho de Netanias e neto de Elisama, que era da família do rei, foi até Mispa com dez homens para encontrar-se com Gedalias. Enquanto estavam todos ali, tomando uma refeição juntos, 2Ismael e os dez homens que estavam com ele pegaram as suas espadas e mataram Gedalias. Assim mataram aquele que tinha sido posto pelo rei da Babilônia como governador do país. 3Ismael também matou todos os judeus que estavam com Gedalias em Mispa e os soldados babilônios que estavam lá.
4No dia seguinte, antes que alguém soubesse que Gedalias tinha sido morto, 5chegaram ali oitenta homens. Eles vinham de Siquém, Siló e Samaria. Estavam com a barba raspada e as roupas rasgadas e tinham feito cortes no corpo. Eles traziam cereais e incenso para oferecer a Deus, o Senhor, no Templo. 6Então Ismael saiu chorando de Mispa e foi encontrar-se com eles. Quando chegou perto deles, disse:
— Entrem e venham ver Gedalias.
7Quando eles entraram na cidade, Ismael e os seus homens os mataram e jogaram os corpos num poço.
8Mas havia no grupo dez homens que disseram a Ismael:
— Não nos mate! Temos trigo, cevada, azeite e mel escondidos no campo.
Aí ele desistiu e não os matou como havia feito com os seus companheiros. 9Era grande o poço em que Ismael jogou os corpos dos homens que ele havia matado. O rei Asa o havia cavado para se prevenir contra os ataques do rei Baasa, de Israel. Ismael encheu esse poço com os corpos dos homens que haviam sido mortos. 10E depois Ismael partiu para o país de Amom, levando como prisioneiros as filhas do rei e todo o resto do povo que estava em Mispa. O comandante-geral Nebuzaradã tinha deixado Gedalias como o responsável por essa gente.
11Joanã, filho de Careá, e todos os chefes do exército que estavam com ele ouviram falar do crime que Ismael havia cometido. 12Então reuniram os seus soldados e foram combater contra Ismael. Eles o alcançaram perto do grande poço de Gibeão. 13Quando os prisioneiros de Ismael viram Joanã e os chefes do exército com ele, ficaram alegres. 14Aí viraram e correram para o lado de Joanã. 15Mas Ismael e oito dos seus homens escaparam de Joanã e fugiram para o país de Amom.
16Então Joanã e os chefes do exército que estavam com ele reuniram os soldados, as mulheres, as crianças e os eunucos que Ismael havia levado de Mispa como prisioneiros, depois de ter matado Gedalias. Assim reuniram a gente que Joanã havia tomado de Ismael em Gibeão 17e partiram, parando um pouco em Gerute-Quimã, perto de Belém. Eles queriam ir até o Egito 18para fugir dos babilônios. Estavam com medo deles porque Ismael tinha matado Gedalias, aquele que havia sido posto como governador do país pelo rei da Babilônia.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.