2
O Anjo do Senhor em Boquim
1O Anjo do Senhor foi de Gilgal a Boquim e disse aos israelitas:
— Eu tirei vocês da terra do Egito e os trouxe à terra que havia prometido aos seus pais. Eu disse: “Nunca quebrarei a aliança que fiz com vocês. 2Não façam nenhum acordo com os moradores desta terra. Pelo contrário, derrubem os altares deles.” Mas vocês não fizeram o que eu disse. Em vez disso, vejam o que fizeram! 3Agora eu digo que não tirarei este povo do caminho de vocês. Eles serão seus inimigos, e os deuses deles vão ser tentações para vocês.
4Quando o Anjo terminou de falar, todo o povo de Israel começou a chorar. 5Por isso aquele lugar é chamado de Boquim. E ali eles ofereceram sacrifícios a Deus, o Senhor.
A morte de Josué
6Josué mandou embora todo o povo de Israel, e cada homem foi tomar conta do seu pedaço de terra. 7O povo de Israel serviu a Deus, o Senhor, enquanto Josué viveu. Depois que ele morreu, eles ainda continuaram a servir o Senhor enquanto viveram os líderes que tinham visto tudo o que o Senhor havia feito por Israel.
8Josué, filho de Num, servo do Senhor, morreu com a idade de cento e dez anos. 9Ele foi sepultado no seu próprio pedaço de terra, em Timnate-Heres, na região montanhosa de Efraim, ao norte do monte Gaás. 10Todas as pessoas daquela geração também morreram e os seus filhos esqueceram o Senhor e as coisas que ele havia feito pelo povo de Israel.
O povo de Israel abandona o Senhor
11Então o povo de Israel pecou contra Deus, o Senhor, adorando os deuses dos cananeus. 12Eles deixaram de adorar o Senhor, o Deus dos seus antepassados, que os havia tirado do Egito. Começaram a seguir outros deuses, os deuses dos povos que viviam ao seu redor. Eles adoraram esses deuses e assim fizeram o Senhor ficar muito irado. 13Abandonaram a Deus, o Senhor, e adoraram Baal e Astarote. 14O Senhor ficou muito irado com o povo de Israel e deixou que eles fossem atacados e roubados por povos vizinhos. Ele entregou os israelitas nas mãos dos inimigos que viviam ao redor, e por isso eles não puderam mais resistir. 15Sempre que saíam para lutar, o Senhor ficava contra eles, como tinha dito. Assim eles ficaram numa situação muito difícil.
16Então o Senhor Deus deu ao povo de Israel líderes fortes, chamados juízes, que os salvaram dos que os atacavam e roubavam. 17Mas eles não deram atenção a esses líderes. Continuaram a desprezar a Deus e a adorar outros deuses. Os pais deles haviam obedecido aos mandamentos do Senhor, mas eles não obedeceram. 18O Senhor lhes dava um líder e o ajudava. Enquanto esse líder vivia, o Senhor salvava o povo dos seus inimigos. Ele tinha pena dos israelitas porque eles sofriam na escravidão. 19Mas, quando o líder morria, eles voltavam a viver como antes e se tornavam ainda piores do que os seus pais. Iam atrás de outros deuses, e os serviam, e adoravam. Teimavam em continuar nos seus maus caminhos. 20Por isso o Senhor Deus ficou muito irado com o povo de Israel e disse:
— Esta nação quebrou a aliança que eu mandei que os seus antepassados guardassem. E, porque eles não me têm obedecido, 21não expulsarei mais desta terra nenhuma das nações que Josué deixou quando morreu. 22Assim verei se os israelitas seguirão fielmente os meus caminhos, como os seus antepassados seguiram.
23Assim o Senhor não expulsou logo da terra as nações que ele não tinha entregado a Josué, mas deixou que ficassem ali.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.