2
1Assim terminou a criação do céu, e da terra, e de tudo o que há neles. 2No sétimo dia Deus acabou de fazer todas as coisas e descansou de todo o trabalho que havia feito. 3Então abençoou o sétimo dia e o separou como um dia sagrado, pois nesse dia ele acabou de fazer todas as coisas e descansou. 4E foi assim que o céu e a terra foram criados.
O jardim do Éden
Quando o Senhor Deus fez o céu e a terra, 5não haviam brotado nem capim nem plantas, pois o Senhor ainda não tinha mandado chuvas, e não havia ninguém para cultivar a terra. 6Mas da terra saía uma corrente de água que regava o chão. 7Então, do pó da terra, o Senhor formou o ser humano. O Senhor soprou no nariz dele uma respiração de vida, e assim ele se tornou um ser vivo.
8Depois o Senhor Deus plantou um jardim na região do Éden, no Leste, e ali pôs o ser humano que ele havia formado. 9O Senhor fez com que ali crescessem árvores lindas de todos os tipos, que davam frutas boas de se comer. No meio do jardim ficava a árvore que dá vida e também a árvore que dá o conhecimento do bem e do mal.
10No Éden nascia um rio que regava o jardim e que, saindo dali, se dividia, formando quatro rios. 11O primeiro é o Pisom, que rodeia a região de Havilá, onde há ouro. 12O ouro dessa região é puro, e ali também há um perfume raro e pedras preciosas. 13O segundo rio se chama Giom; ele dá volta por toda a região de Cuche. 14O terceiro rio é o Tigre, que passa a leste da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.
15Então o Senhor Deus pôs o homem no jardim do Éden, para cuidar dele e nele fazer plantações. 16E o Senhor deu ao homem a seguinte ordem:
— Você pode comer as frutas de qualquer árvore do jardim, 17menos da árvore que dá o conhecimento do bem e do mal. Não coma a fruta dessa árvore; pois, no dia em que você a comer, certamente morrerá.
18Depois o Senhor disse:
— Não é bom que o homem viva sozinho. Vou fazer para ele alguém que o ajude como se fosse a sua outra metade.
19Depois que o Senhor Deus formou da terra todos os animais selvagens e todas as aves, ele os levou ao homem para que pusesse nome neles. E eles ficaram com o nome que o homem lhes deu. 20Ele pôs nomes nas aves e em todos os animais domésticos e selvagens. Mas para Adão não se achava uma ajudadora que fosse como a sua outra metade.
21Então o Senhor Deus fez com que o homem caísse num sono profundo. Enquanto ele dormia, Deus tirou uma das suas costelas e fechou a carne naquele lugar. 22Dessa costela o Senhor formou uma mulher e a levou ao homem. 23Então o homem disse:
“Agora sim!
Esta é carne da minha carne
e osso dos meus ossos.
Ela será chamada de ‘mulher’
porque Deus a tirou do homem.”
24É por isso que o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa.
25Tanto o homem como a sua mulher estavam nus, mas não sentiam vergonha.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.