12
Deus chama Abrão
1Certo dia o Senhor Deus disse a Abrão:
— Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa do seu pai e vá para uma terra que eu lhe mostrarei. 2Os seus descendentes vão formar uma grande nação. Eu o abençoarei, o seu nome será famoso, e você será uma bênção para os outros. 3Abençoarei os que o abençoarem e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem. E por meio de você eu abençoarei todos os povos do mundo.
4Abrão tinha setenta e cinco anos quando partiu de Harã, como o Senhor havia ordenado. E Ló foi com ele. 5Abrão levou a sua mulher Sarai, o seu sobrinho Ló, filho do seu irmão, e todas as riquezas e escravos que havia conseguido em Harã. Quando chegaram a Canaã, 6Abrão atravessou o país até que chegou a Siquém, um lugar santo, onde ficava a árvore sagrada de Moré. Naquele tempo os cananeus viviam nessa região. 7Ali o Senhor apareceu a Abrão e disse:
— Eu vou dar esta terra aos seus descendentes.
Naquele lugar Abrão construiu um altar a Deus, o Senhor, pois ali o Senhor havia aparecido a ele. 8Depois disso Abrão foi para a região montanhosa que fica a leste da cidade de Betel e ali armou o seu acampamento. Betel ficava a oeste do acampamento, e a cidade de Ai ficava a leste. Também nesse lugar Abrão construiu um altar e adorou o Senhor. 9Dali ele foi andando de um lugar para outro, sempre na direção sul da terra de Canaã.
Abrão no Egito
10Naquele tempo houve em Canaã uma fome tão grande, que Abrão foi morar por algum tempo no Egito. 11Quando ia chegando ao Egito, Abrão disse a Sarai, a sua mulher:
— Escute! Você é uma mulher muito bonita, 12e, quando os egípcios a virem, vão dizer: “Essa aí é a mulher dele.” Por isso me matarão e deixarão que você viva. 13Diga, então, que você é minha irmã. Assim, por sua causa, eles me deixarão viver e me tratarão bem.
14Quando Abrão chegou ao Egito, os egípcios viram que Sarai, a sua mulher, era, de fato, muito bonita. 15Alguns altos funcionários do rei do Egito também a viram e contaram a ele como era linda aquela mulher. Por isso ela foi levada para o palácio do rei.
16Por causa dela o rei tratou bem Abrão e lhe deu ovelhas, bois, jumentos, escravos e escravas, jumentas e camelos. 17Mas, por causa de Sarai, o Senhor Deus castigou o rei e a sua família com doenças horríveis. 18Por isso o rei mandou chamar Abrão e perguntou:
— Por que você me fez uma coisa dessas? Por que não me disse que ela é a sua mulher? 19Você disse que ela era sua irmã, e por isso eu casei com ela. Portanto, aqui está a sua mulher; saia daqui com ela!
20Então o rei deu ordem, e os seus guardas levaram Abrão para fora do Egito, junto com a sua mulher e com todas as coisas que eram dele.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.