5
Moisés e Arão falam com o rei do Egito
1Depois Moisés e Arão foram falar com o rei do Egito e disseram:
— O Senhor, o Deus do povo de Israel, disse: “Deixe que o meu povo vá ao deserto a fim de fazer ali uma festa em minha honra.”
2— Quem é o Senhor? — perguntou o rei. — Por que devo ouvi-lo e deixar que o povo de Israel vá ao deserto? Eu não conheço o Senhor e não vou deixar que os israelitas saiam daqui.
3Moisés e Arão responderam:
— O Deus dos hebreus veio falar conosco. Por isso deixe-nos viajar três dias pelo deserto a fim de oferecermos sacrifícios ao Senhor, nosso Deus. Se não formos, ele nos matará com doenças e na guerra.
4Aí o rei do Egito disse a Moisés e a Arão:
— Por que vocês estão atrapalhando o trabalho do povo? Façam com que aqueles escravos voltem ao trabalho!
5Ele disse também:
— Agora que há tantos israelitas no país, vocês querem que eles deixem de trabalhar?
6Naquele mesmo dia o rei deu aos feitores e aos chefes de turmas a seguinte ordem:
7— Daqui em diante vocês não vão mais dar palha ao povo, para fazer tijolos. Que eles mesmos ajuntem a palha. 8Mas vocês exijam que eles façam a mesma quantidade de tijolos, nem um tijolo a menos. São uns preguiçosos e é por isso que gritam: “Vamos oferecer sacrifícios ao nosso Deus!” 9Façam essa gente trabalhar mais duro ainda e os mantenham ocupados, a fim de que não tenham tempo de ouvir mentiras.
10Então os feitores e os chefes de turmas saíram e foram dizer ao povo o seguinte:
— O rei disse que não vai mais fornecer palha a vocês. 11Ele manda que vocês vão ajuntar palha onde puderem achar. Mas terão de continuar fazendo a mesma quantidade de tijolos.
12Por isso o povo se espalhou por toda a terra do Egito, ajuntando a palha que sobrava das colheitas. 13Os feitores forçavam os israelitas a fazer todos os dias a mesma quantidade de tijolos que costumavam fazer quando recebiam palha. 14Os feitores batiam nos israelitas chefes de turmas que haviam sido encarregados do trabalho e perguntavam:
— Por que vocês não estão fazendo a mesma quantidade de tijolos que faziam antes?
15Então os israelitas chefes de turmas foram se queixar ao rei. Eles disseram:
— Por que é que o senhor nos trata assim, nós que somos seus empregados? 16Agora não nos dão mais palha, mas exigem que continuemos fazendo tijolos! Além disso batem em nós; no entanto, os seus feitores é que são os culpados.
17Mas o rei respondeu:
— Vocês são uns preguiçosos e não querem trabalhar. É por isso que estão me pedindo que os deixe ir oferecer sacrifícios a Deus, o Senhor. 18Voltem ao trabalho. Vocês não receberão palha, mas terão de fazer a mesma quantidade de tijolos.
19Os israelitas chefes de turmas viram que estavam numa situação difícil, quando lhes foi dito que fizessem todos os dias a mesma quantidade de tijolos que faziam antes. 20Depois de falarem com o rei, eles se encontraram com Moisés e Arão, que os estavam esperando, 21e lhes disseram:
— O Senhor Deus está vendo o que vocês estão fazendo e os castigará; pois, por causa de vocês, o rei e os seus funcionários estão com ódio de nós. Vocês deram a eles um motivo para nos matarem!
Moisés fala de novo com Deus
22Moisés falou outra vez com Deus, o Senhor. Ele disse:
— Ó Senhor, por que tratas tão mal este povo? Por que me mandaste para cá? 23Pois, desde que vim falar em teu nome com o rei do Egito, ele tem maltratado este povo. E tu não fizeste nada para ajudá-los.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.