6
Filhos e pais
1Filhos, o dever cristão de vocês é obedecer ao seu pai e à sua mãe, pois isso é certo. 2Como dizem as Escrituras: “Respeite o seu pai e a sua mãe.” E esse é o primeiro mandamento que tem uma promessa, a qual é: 3“Faça isso a fim de que tudo corra bem para você, e você viva muito tempo na terra.”
4Pais, não tratem os seus filhos de um jeito que faça com que eles fiquem irritados. Pelo contrário, vocês devem criá-los com a disciplina e os ensinamentos cristãos.
Escravos e seus donos
5Escravos, obedeçam com medo e respeito àqueles que são seus donos aqui na terra. E façam isso com sinceridade, como se estivessem servindo a Cristo. 6Não obedeçam aos seus donos só quando eles estiverem vendo vocês, somente para conseguir a aprovação deles. Mas, como escravos de Cristo, façam de todo o coração o que Deus quer. 7Trabalhem com prazer, como se vocês estivessem trabalhando para o Senhor e não para pessoas. 8Lembrem que cada pessoa, seja escrava ou livre, será recompensada pelo Senhor de acordo com o que fizer.
9Donos de escravos, tratem os seus escravos também com respeito e parem de ameaçá-los com castigos. Lembrem que vocês e os seus escravos pertencem ao mesmo Senhor, que está no céu, o qual trata a todos igualmente.
A armadura do cristão
10Para terminar: tornem-se cada vez mais fortes, vivendo unidos com o Senhor e recebendo a força do seu grande poder. 11Vistam-se com toda a armadura que Deus dá a vocês, para ficarem firmes contra as armadilhas do Diabo. 12Pois nós não estamos lutando contra seres humanos, mas contra as forças espirituais do mal que vivem nas alturas, isto é, os governos, as autoridades e os poderes que dominam completamente este mundo de escuridão. 13Por isso peguem agora a armadura que Deus lhes dá. Assim, quando chegar o dia de enfrentarem as forças do mal, vocês poderão resistir aos ataques do inimigo e, depois de lutarem até o fim, vocês continuarão firmes, sem recuar.
14Portanto, estejam preparados. Usem a verdade como cinturão. Vistam-se com a couraça da justiça 15e calcem, como sapatos, a prontidão para anunciar a boa notícia de paz. 16E levem sempre a fé como escudo, para poderem se proteger de todos os dardos de fogo do Maligno. 17Recebam a salvação como capacete e a palavra de Deus como a espada que o Espírito Santo lhes dá. 18Façam tudo isso orando a Deus e pedindo a ajuda dele. Orem sempre, guiados pelo Espírito de Deus. Fiquem alertas. Não desanimem e orem sempre por todo o povo de Deus. 19E orem também por mim, a fim de que Deus me dê a mensagem certa para que, quando eu falar, fale com coragem e torne conhecido o segredo do evangelho. 20Eu sou embaixador a serviço desse evangelho, embora esteja agora na cadeia. Portanto, orem para que eu seja corajoso e anuncie o evangelho como devo anunciar.
Saudações finais
21Tíquico, nosso querido irmão e fiel servo no trabalho do Senhor, lhes dará todas as notícias a meu respeito, para que vocês possam saber como estou passando. 22Eu o estou enviando a vocês para que ele conte como todos nós aqui estamos passando, a fim de que vocês fiquem animados com as informações que ele vai dar.
Bênção
23Que Deus, o Pai, e o Senhor Jesus Cristo deem a todos os irmãos paz e amor, com fé! 24E que a graça de Deus esteja com todos os que amam o nosso Senhor Jesus Cristo com um amor que não tem fim!
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.