5
Pureza de vida
1Vocês são filhos queridos de Deus e por isso devem ser como ele. 2Que a vida de vocês seja dominada pelo amor, assim como Cristo nos amou e deu a sua vida por nós, como uma oferta de perfume agradável e como um sacrifício que agrada a Deus!
3Vocês fazem parte do povo de Deus; portanto, qualquer tipo de imoralidade sexual, indecência ou cobiça não pode ser nem mesmo assunto de conversa entre vocês. 4Não usem palavras indecentes, nem digam coisas tolas ou sujas, pois isso não convém a vocês. Pelo contrário, digam palavras de gratidão a Deus. 5Fiquem certos disto: jamais receberá uma parte no Reino de Cristo e de Deus qualquer pessoa que seja imoral, indecente ou cobiçosa (pois a cobiça é um tipo de idolatria).
Vivendo na luz
6Não deixem que ninguém engane vocês com conversas tolas, pois é por causa dessas coisas que o castigo de Deus cairá sobre os que não obedecem a ele. 7Portanto, não tenham nada a ver com esse tipo de gente. 8Antigamente vocês mesmos viviam na escuridão; mas, agora que pertencem ao Senhor, vocês estão na luz. Por isso vivam como pessoas que pertencem à luz, 9pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade. 10Procurem descobrir quais são as coisas que agradam o Senhor. 11Não participem das coisas sem valor que os outros fazem, coisas que pertencem à escuridão. Pelo contrário, tragam todas essas coisas para a luz. 12Pois é vergonhoso até falar sobre o que essas pessoas fazem em segredo. 13E, quando qualquer coisa é trazida para a luz, então a sua verdadeira natureza é revelada. 14Porque o que é claramente revelado se torna luz. E é por isso que se diz:
“Você que está dormindo, acorde!
Levante-se da morte,
e Cristo o iluminará.”
15Portanto, prestem atenção na sua maneira de viver. Não vivam como os ignorantes, mas como os sábios. 16Os dias em que vivemos são maus; por isso aproveitem bem todas as oportunidades que vocês têm. 17Não ajam como pessoas sem juízo, mas procurem entender o que o Senhor quer que vocês façam.
18Não se embriaguem, pois a bebida levará vocês à desgraça; mas encham-se do Espírito de Deus. 19Animem uns aos outros com salmos, hinos e canções espirituais. Cantem, de todo o coração, hinos e salmos ao Senhor. 20Em nome do nosso Senhor Jesus Cristo, agradeçam sempre todas as coisas a Deus, o Pai.
Esposas e maridos
21Sejam obedientes uns aos outros, pelo respeito que têm por Cristo.
22Esposa, obedeça ao seu marido, como você obedece ao Senhor. 23Pois o marido tem autoridade sobre a esposa, assim como Cristo tem autoridade sobre a Igreja. E o próprio Cristo é o Salvador da Igreja, que é o seu corpo. 24Portanto, assim como a Igreja é obediente a Cristo, assim também a esposa deve obedecer em tudo ao seu marido.
25Marido, ame a sua esposa, assim como Cristo amou a Igreja e deu a sua vida por ela. 26Ele fez isso para dedicar a Igreja a Deus, lavando-a com água e purificando-a com a sua palavra. 27E fez isso para também poder trazer para perto de si a Igreja em toda a sua beleza, pura e perfeita, sem manchas, ou rugas, ou qualquer outro defeito. 28O homem deve amar a sua esposa assim como ama o seu próprio corpo. O homem que ama a sua esposa ama a si mesmo. 29Porque ninguém odeia o seu próprio corpo. Pelo contrário, cada um alimenta e cuida do seu corpo, como Cristo faz com a Igreja, 30pois nós somos membros do corpo de Cristo. 31Como dizem as Escrituras Sagradas: “É por isso que o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua esposa, e os dois se tornam uma só pessoa.” 32Há uma verdade imensa revelada nessa passagem das Escrituras, e eu entendo que ela está falando a respeito de Cristo e da Igreja. 33Mas também está falando a respeito de vocês: cada marido deve amar a sua esposa como ama a si mesmo, e cada esposa deve respeitar o seu marido.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.