9
A visão da queda do templo de Betel
1Eu vi o Senhor perto do altar. Ele disse:
— Dê pancadas nas colunas do templo até que o edifício todo comece a tremer. Deixe cair pedaços das colunas nas cabeças das pessoas que estão lá dentro. Os que escaparem com vida eu matarei na guerra; nenhum deles escapará, nenhum viverá. 2Mesmo que consigam entrar pela terra adentro e chegar até o mundo dos mortos, eu os tirarei dali; mesmo que subam até o céu, eu os farei descer de lá. 3Se procurarem se esconder no alto do monte Carmelo, eu irei atrás deles e os pegarei; se eles se esconderem de mim no fundo do mar, eu darei ordem à Serpente do mar, e ela os morderá. 4Se forem levados como prisioneiros pelo inimigo, eu darei ordem, e eles serão mortos. Pois eu vou cuidar deles, não para protegê-los, mas para destruí-los.
5O Senhor, o Deus Todo-Poderoso, toca na terra, e ela treme,
e todos os seus moradores choram de tristeza.
A terra sobe e baixa
como as águas do rio Nilo.
6Deus constrói a sua casa nas alturas
e coloca o céu por cima da terra.
Ele chama as águas do mar
e as derrama sobre a terra.
O seu nome é Senhor!
7O Senhor Deus diz:
— Povo de Israel, eu amo o povo da Etiópia tanto quanto amo vocês. Assim como eu trouxe vocês do Egito, eu também trouxe os filisteus da ilha de Creta e os arameus da terra de Quir. 8Estou olhando para Israel, este país de pecadores, e vou fazê-lo desaparecer da terra; mas não acabarei com todos os israelitas. Sou eu, o Senhor, quem está falando.
9— Vou dar ordem e vou separar os bons dos maus em Israel, como quem separa o trigo da casca, sem perder um só grão. 10Vão morrer na guerra todos os pecadores do meu povo, isto é, todos os que dizem: “Deus não deixará que qualquer desastre chegue perto de nós.”
Um futuro feliz para Israel
11O Senhor Deus diz:
— Naquele dia, eu construirei de novo o reino de Davi, que é como uma casa que caiu. Taparei as rachaduras das paredes e levantarei a casa que estava em ruínas, e ela ficará como era antes. 12Então o meu povo conquistará o que restar do país de Edom e de todas as outras nações que eram minhas. Eu farei com que tudo isso aconteça. Sou eu, o Senhor, quem está falando.
13— Está chegando o dia em que o trigo crescerá mais depressa do que poderá ser colhido, as parreiras produzirão uvas mais depressa do que se poderá fazer vinho. As parreiras produzirão tantas uvas, que o vinho vai correr à vontade, como um rio. 14Trarei o meu povo de volta do cativeiro para a sua terra. Eles construirão de novo as cidades que estavam em ruínas e morarão nelas. Farão plantações de uvas e beberão do seu vinho; cultivarão pomares e comerão as suas frutas. 15Plantarei o meu povo na terra que lhes dei, e eles nunca mais serão arrancados dali. Eu, o Senhor, o Deus de vocês, falei.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.