2
Moabe
1O Senhor Deus diz:
— O povo de Moabe tem cometido tantos pecados, tantos mesmo, que eu tenho de castigá-los. Profanaram o corpo do rei de Edom, queimando-o até virar cinza. 2Por isso, eu vou pôr fogo no país de Moabe, e esse mesmo fogo destruirá também as fortalezas de Queriote. Haverá batalhas violentas, gritos de soldados e som de cornetas, e o povo morrerá. 3Acabarei com o rei e com as autoridades de Moabe. Eu, o Senhor, falei.
Judá
4O Senhor Deus diz:
— O povo de Judá tem cometido tantos pecados, tantos mesmo, que eu tenho de castigá-los. Eles rejeitaram a minha lei e desobedeceram aos meus mandamentos. Adoraram os mesmos deuses falsos que os seus antepassados adoraram. 5Por isso, eu vou pôr fogo na terra de Judá, e esse mesmo fogo destruirá as fortalezas de Jerusalém.
Deus condena Israel
6O Senhor Deus diz:
— O povo de Israel tem cometido tantos pecados, tantos mesmo, que eu tenho de castigá-los. Vendem como escravos pessoas honestas que não podem pagar as suas dívidas e até aquelas que são tão pobres, que não podem pagar a dívida que fizeram para comprar um par de sandálias. 7Perseguem e humilham os pobres e fazem injustiças contra as pessoas simples. Pais e filhos têm relações com prostitutas nos templos pagãos e assim envergonham o meu santo nome. 8Perto de qualquer altar pagão, eles se assentam sobre roupas que receberam como garantia de pagamento de dívidas e comem dos sacrifícios oferecidos aos ídolos. Para comprar o vinho que bebem no templo do deus deles, usam o dinheiro que receberam de multas injustas.
9— Será que vocês já esqueceram o que fiz com os amorreus? Eu destruí aqueles homens que eram altos como os cedros e fortes como os carvalhos. Acabei completamente com eles. 10Fui eu que tirei vocês do Egito, que os guiei quarenta anos pelo deserto e que lhes dei a terra dos amorreus. 11Escolhi alguns dos seus filhos para serem profetas e outros para serem nazireus. Não foi isso mesmo o que eu fiz? 12Mas vocês dão vinho aos nazireus e proíbem os profetas de anunciar a minha mensagem. 13Pois bem! Eu vou amontoar castigos em cima de vocês, e vocês vão ranger os dentes, como range uma carroça carregada de trigo. 14Os que correm depressa não poderão escapar, os fortes perderão toda a força, e os corajosos não salvarão a vida. 15Os homens armados de arcos e flechas não vencerão, e não escaparão com vida nem os que fugirem a pé, nem os que fugirem montados a cavalo. 16Naquele dia, até os soldados mais valentes jogarão fora as suas armas e fugirão. Eu, o Senhor, estou falando.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.