2
A vinda do Espírito Santo
1Quando chegou o dia de Pentecostes, todos os seguidores de Jesus estavam reunidos no mesmo lugar. 2De repente, veio do céu um barulho que parecia o de um vento soprando muito forte e esse barulho encheu toda a casa onde estavam sentados. 3Então todos viram umas coisas parecidas com chamas, que se espalharam como línguas de fogo; e cada pessoa foi tocada por uma dessas línguas. 4Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, de acordo com o poder que o Espírito dava a cada pessoa.
5Estavam morando ali em Jerusalém judeus religiosos vindos de todas as nações do mundo. 6Quando ouviram aquele barulho, uma multidão deles se ajuntou, e todos ficaram muito admirados porque cada um podia entender na sua própria língua o que os seguidores de Jesus estavam dizendo. 7A multidão ficou admirada e espantada e comentava:
— Estas pessoas que estão falando assim são da Galileia! 8Como é que cada um de nós as ouvimos falar na nossa própria língua? 9Nós somos da Pártia, da Média, do Elão, da Mesopotâmia, da Judeia, da Capadócia, do Ponto, da província da Ásia, 10da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia que ficam perto de Cirene. Alguns de nós são de Roma. 11Uns são judeus, e outros, convertidos ao Judaísmo. Alguns são de Creta, e outros, da Arábia. E como é que todos estamos ouvindo essa gente falar em nossa própria língua a respeito das grandes coisas que Deus tem feito?
12Todos estavam admirados, sem saberem o que pensar, e perguntavam uns aos outros:
— O que será que isso quer dizer?
13Mas outros zombavam, dizendo:
— Esse pessoal está bêbado!
A mensagem de Pedro
14Então Pedro se levantou, junto com os outros onze apóstolos, e em voz bem alta começou a dizer à multidão:
— Meus amigos judeus e todos vocês que moram em Jerusalém, prestem atenção e escutem o que eu vou dizer! 15Estas pessoas não estão bêbadas, como vocês estão pensando, pois são apenas nove horas da manhã. 16O que, de fato, está acontecendo é o que o profeta Joel disse:
17“É isto o que eu vou fazer
nos últimos dias — diz Deus —:
Derramarei o meu Espírito
sobre todas as pessoas.
Os filhos e as filhas de vocês
anunciarão a minha mensagem;
os moços terão visões,
e os velhos sonharão.
18Sim, eu derramarei o meu Espírito
sobre os meus servos e as minhas servas,
e naqueles dias eles também anunciarão
a minha mensagem.
19Em cima, no céu, farei com que apareçam
coisas espantosas;
e embaixo, na terra, farei milagres.
Haverá sangue, e fogo,
e nuvens de fumaça;
20o sol ficará escuro,
e a lua se tornará cor de sangue,
antes que chegue o grande e glorioso
Dia do Senhor.
21Então todos os que pedirem
a ajuda do Senhor serão salvos.”
22Pedro continuou:
— Homens de Israel, escutem o que eu vou dizer. Deus mostrou a vocês que Jesus de Nazaré era um homem aprovado por ele. Pois, por meio de Jesus, Deus fez milagres, maravilhas e coisas extraordinárias no meio de vocês, como vocês sabem muito bem. 23Deus, por sua própria vontade e sabedoria, já havia resolvido que Jesus seria entregue nas mãos de vocês. E vocês mesmos o mataram por mãos de homens maus, que o crucificaram. 24Mas Deus ressuscitou Jesus, livrando-o do poder da morte, porque não era possível que a morte o dominasse. 25Pois Davi disse a respeito de Jesus o seguinte:
“Eu via sempre o Senhor comigo
porque ele está ao meu lado direito,
para que nada me deixe abalado.
26Por isso o meu coração está feliz,
e as minhas palavras são palavras
de alegria;
e eu, um ser mortal, vou descansar
cheio de esperança,
27pois tu, Senhor, não me abandonarás
no mundo dos mortos.
Eu tenho te servido fielmente,
e por isso não deixarás
que eu apodreça na sepultura.
28Tu me tens ensinado os caminhos
que levam à vida,
e a tua presença me encherá de alegria.”
29E Pedro disse mais isto:
— Meus irmãos, eu preciso falar claramente com vocês a respeito do patriarca Davi. Esse grande líder morreu e foi sepultado, e o seu túmulo se encontra aqui até hoje. 30Ele era profeta e sabia que Deus lhe havia jurado que um dos seus descendentes seria rei, como ele. 31Davi sabia o que Deus ia fazer e por isso falou a respeito da ressurreição do Messias. Davi disse:
“Ele não foi abandonado
no mundo dos mortos,
nem o seu corpo apodreceu na sepultura.”
32Deus ressuscitou este Jesus, e todos nós somos testemunhas disso. 33Pois Jesus foi levado para sentar-se ao lado direito de Deus, o seu Pai, o qual lhe deu o Espírito Santo, como havia prometido. E Jesus derramou sobre nós esse Espírito, conforme vocês estão vendo e ouvindo agora. 34Pois Davi não subiu para o céu, mas ele mesmo afirmou:
“O Senhor Deus disse ao meu Senhor:
‘Sente-se do meu lado direito,
35até que eu ponha os seus inimigos
como estrado debaixo dos seus pés.’ ”
36Todo o povo de Israel deve ficar bem certo de que este Jesus que vocês crucificaram é aquele que Deus tornou Senhor e Messias.
37Quando ouviram isso, todos ficaram muito aflitos e perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos:
— Irmãos, o que devemos fazer?
38Pedro respondeu:
— Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo para que os seus pecados sejam perdoados, e vocês receberão de Deus o Espírito Santo. 39Pois essa promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, isto é, para todos aqueles que o Senhor, nosso Deus, chamar.
40Pedro continuou a dar o seu testemunho e, com muitas outras explicações, procurou convencê-los, dizendo:
— Saiam do meio dessa gente má e salvem-se!
41Muitos acreditaram na mensagem de Pedro e foram batizados. Naquele dia quase três mil se juntaram ao grupo dos seguidores de Jesus. 42E todos continuavam firmes, seguindo os ensinamentos dos apóstolos, vivendo em amor cristão, partindo o pão juntos e fazendo orações.
A vida dos primeiros cristãos
43Os apóstolos faziam muitos milagres e maravilhas, e por isso todas as pessoas estavam cheias de temor. 44Todos os que criam estavam juntos e unidos e repartiam uns com os outros o que tinham. 45Vendiam as suas propriedades e outras coisas e dividiam o dinheiro com todos, de acordo com a necessidade de cada um. 46Todos os dias, unidos, se reuniam no pátio do Templo. E nas suas casas partiam o pão e participavam das refeições com alegria e humildade. 47Louvavam a Deus por tudo e eram estimados por todos. E cada dia o Senhor juntava ao grupo as pessoas que iam sendo salvas.
Loading reference in secondary version...

2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados.